Conheça os Youtubers de Bitcoin e Criptomoedas Mais Influentes do Brasil

(Fotos: Reprodução Youtube)

O Portal do Bitcoin selecionou os youtubers que se destacam no universo das criptomoedas no Brasil. Misturamos critérios como popularidade e seguidores, mas também questões mais subjetivas como o comprometimento e responsabilidade com as informações. Ou seja: na nossa lista não entra piramideiros.

O grupo tem um papel importante para a divulgação do tema no Brasil e como mais uma ferramenta de educação (e entretenimento) para quem se interessa pelo assunto. A lista que fizemos vai do conteúdo sério ao humor, da análise macro à pressa da volatilidade maluca dos preços. Confira abaixo, os principais nomes do Brasil:

Fernando Ulrich

Fernando Ulrich é mestre em Economia e especialista em criptomoedas e blockchain na XP-Investimentos. Ele é um dos grandes pesquisadores acadêmicos da teoria econômica e monetária. Entusiasta em criptomoedas, em 2014 lançou o livro “Bitcoin – a moeda na era digital”.

Apaixonado por tecnologia, além de investidor, Ulrich faz um ótimo trabalho como youtuber, respondendo perguntas complexas de uma forma que qualquer um pode entender. Ele consegue transmitir a seu público de forma simples como funciona e qual é a estrutura de uma blockchain, por exemplo, como a mineração de criptomoedas realmente funciona ou o que é SegWit. O economista já foi palestrante de uma das mais antigas startups, a TED, que desde 1984 realiza conferências pelo mundo sobre Tecnologia, Entretenimento e Design.

No canal de Ulrich, você também vai assistir a entrevistas, ter acesso a diversos guias, dicas e muitas coisas para você começar a empreender nesse novo mercado. É claro, para quem está pensando em iniciar no mercado cripto, deve acessar seus vídeos mais antigos. Estes certamente vão servir de base para iniciantes.

Investimentos Digitais

‘Hello, my friends!’ É assim que Edilson abre seu canal diariamente. Ele é formado em Direito e apaixonado por Tecnologia, área que já se dedica há 18 anos como produtor e desenvolvedor de projetos digitais.

Começou a investimentir em criptomoedas em 2016. Essas experiências de perdas, ganhos e ‘furadas’ que o incentivaram a compartilhá-las com o público. “O canal foi criado no período da ‘alta histórica do bitcoin’ e tomou proporções inimagináveis”, disse em um vídeo.

Edilson faz um um ótimo trabalho ao apresentar aos seus seguidores as últimas notícias, análises de ICO’s e guias com muita seriedade e profissionalismo, bem como dar conselhos sobre como ter a uma perspectiva correta.

Ele é um grande fã da tecnologia blockchain, particularmente do projeto Ethereum. O apresentador sempre termina seus vídeos com a frase “Saúde e paz. O resto a gente corre atrás”. Recentemente, ele perdeu um dos seus patrocínios por sempre dizer ao seu público que exchange não é carteira.

Dani Edson

Dani Edson é consultor financeiro, formado em Processamento de Dados. Ele costuma gravar seus vídeos durante suas caminhadas diárias.

De acordo com informações no seu site oficial, Edson explica: “Depois de muitas cabeçadas e tropeços, muito tempo e dinheiro perdido, hoje tenho a satisfação de dizer que consegui. Desde 2009, vivo e sustento minha família somente com meus negócios na internet”.

O empreendedor tem um trabalho bem completo de informações, desde de como não cair em uma pirâmide financeira até organizar-se com um portfólio de criptomoedas. Dani também é investidor em bolsas de valores, ele explora idéias financeiras alternativas e como proteger e/ou acumular riqueza por meios não convencionais

Em janeiro deste ano ele publicou um vídeo no qual ele se chamou de ‘Dani Mãos de alface” (mãos de alface no mundo cripto é uma frase direcionada a pessoas que se desfazem de um certo ativo com medo da desvalorização). No vídeo ele diz que vendeu seus bitcoins ‘na baixa’, mas no final das contas obteve lucro.

Play Negócios

Samuel Bradoke tem uma história interessante. O jovem que inicia seus vídeos com “E aí pessoal, beleza?” há cinco anos trabalhava como estoquista em um supermercado no centro de São Paulo.

Ele mesmo diz em um vídeo publicado em fevereiro no seu canal que realmente não gostava do que fazia e trabalhava muito desanimado. Após ter lido o livro ‘Pai Rico, Pai Pobre’ (Robert Kiyosaki e Sharon Lechter), Bradoke começou a mudar a sua vida financeira fazendo pequenos investimentos a partir do momento em que ele pediu demissão do trabalho.

O Play Negócios abrange de forma didática uma variedade de tópicos do ecossistema criptográfico e é um dos canais com mais conteúdo por mês — praticamente todo dia tem um novo vídeo.

Nerd Bitcoin

Entusiasta de novas tecnologias e com experiência no mercado de criptomoedas, Alex Castro tem como objetivo ajudar na expansão do mercado de criptomoedas no Brasil e no mundo, levando informações sobre a moderna tecnologia financeira que ele acredita veementemente que este será o maior meio de pagamento no futuro.

Castro agrega todas as ferramentas que adquiriu ao longo do tempo para o processo de trading nos cursos on-line oferecidos no canal. Segundo o youtuber, para participar dos cursos não é necessário conhecimento anterior em Bitcoin, pois a workshop começa do zero e segue no formato passo a passo.

Tribo Bitcoin

O canal eventualmente é apresentado por colaboradores, mas se destacam a atriz paulistana Amanda Vibrani, que faz as chamadas da matéria, Eduardo Salvatore, correspondente do grupo em Nova Iorque, e o economista e CEO da FlowBTC, Marcelo Miranda, que está há 20 anos no mercado de finanças e tecnologia.

De conceito de Blockchain a ICOs, o Tribo Bitcoin é um canal que mescla notícias com informações técnicas do ecossistema criptográfico, além de dicas para traders.

BitGirl

Andreza Alexandre é entusiasta na área de mercado financeiro e apaixonada pela tecnologia Bitcoin. Atualmente trabalha como Engenheira de software na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) onde desenvolve softwares acadêmicos.

Em 2017 realizou uma palestra, organizada pela startup Roadsec, com o tema “Hackeando a Rede Bitcoin! Como tentar e não conseguir”.

A abertura dos seus vídeos é o famoso joguinho Pac-Man. O Bitgirl apresentou um vídeo com um diferencial: é legendado em inglês.

A apresentadora disserta sobre vários assuntos relacionados às criptomoedas, como funciona um determinado projeto de altcoin, sobre impostos e especiais acerca do Bitcoin, Ethereum, etc. Fala também sobre os mitos que ainda circulam entre os menos experientes no mercado cripto tirando dúvidas do seu público.

Epaminondas Bitcoin

O canal Epaminondas é o mais exótico da lista. Com proposta de informar utilizando o humor, o ‘vô mascarado’ conseguiu atrair muitos seguidores. Mesmo com algumas propagandas se misturando com o conteúdo editorial, ele consegue passar informações e notícias importantes do mundo cripto.

O falso velhinho ensina como criar carteiras, como fazer trading em exchanges e também dá dicas sobre como não cair em golpes. Palavras como ‘bagaça’ e ‘trouxas’ não faltam no vocabulário ‘à la Enéas” do apresentador. Há também muitas sátiras em cima de empresas de pirâmide financeira disfarçadas de MMN. O volume de espírito cômico se torna um diferencial no “Epaminondas Channel”, como ele próprio apresenta.

Leia também: Análise Técnica Bitcoin 17/04/18

BitcoinTrade

BitcoinTrade é a plataforma mais segura do Brasil para comprar e vender Bitcoin e Ethereum, junte-se agora a mais de 135 mil clientes satisfeitos. Gerencie também suas moedas digitais utilizando nosso aplicativo para dispositivos com iOS ou Android. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

loading...