Vendedor de carros celebridade no Facebook faz piadas com golpes e vende BMW para piramideiro júnior

‘Vendedor Sincero’ oferece BMW para 'piramideiro junior'; “Eu brinco, mas é coisa séria”
Vendedor Sincero promovendo uma BMW de brinquedo. Reprodução/Facebook

“Tô aqui pra vender um carro pra filho de piramideiro”, anuncia o “Vendedor Sincero” ao lado de uma “BMW X6 2019”. Ele diz ser o carro perfeito para o filho “pagar de gatão” no colégio e ainda por cima roubar o dinheiro do lanche da “gurizada” [gíria comum na região Sul do Brasil].

Trata-se um comercial verdadeiro, porém, repleto de humor. O ator da propaganda é o “Vendedor Sincero”, personagem criado pelo empresário catarinense Alessandro Moura, que atua com venda de veículos e possui milhares de seguidores nas redes sociais.

“Eu brinco, mas é coisa séria”, disse Moura em entrevista ao Portal do Bitcoin nesta terça-feira (17).

BMW de brinquedo

A BMW que aparece no anúncio, claro, é de brinquedo. É um carrinho elétrico para crianças na faixa de 3 anos – do tipo que pode ser encontrado como opção de entretenimento para os pequenos em shoppings centers.

😂😂Para filho de piramideiro 😂😂Já ensina seu filho no caminho que deve andar desde cedo 👌😂🚘Avisa a professora que se foi o dinheiro do lanche 🚗Gurizada do 4% ao dia 😂🚘 Pode compra sem medo em uma semana você tira o dinheiro investido

Posted by Vendedor Sincero on Tuesday, December 10, 2019

Na propaganda, o Vendedor Sincero aparece fazendo o papel de um garoto, já que o público alvo, humoristicamente, é o “piramideiro júnior”. 

Sobre a sátira com o “piramideiro”, o empresário diz que teve a ideia porque onde ele mora — Araranguá, no litoral sul catarinense — há histórico de várias pessoas prejudicadas por fraudes financeiras.

Segundo ele, a brincadeira é uma alusão aos esquemas de pirâmide financeira, um tipo de golpe comum na região desde a época da Telexfree.

Ele disse que muita gente que aplicou esses tipos de golpes desfilava com carrões que poucos trabalhadores podiam comprar, como doutores e juízes.

“Veio muito marketing multinível e quebrou o pessoal”, disse, se referindo ao piramideiro que disfarça golpes com a técnica.

O comercial, contudo, tem feito sucesso. Nos comentários no Facebook, por exemplo, rendeu boas opiniões: “Parabéns ‘chapeca’, você é um vendedor diferenciado”, elogiou um seguidor.

O apelido de ‘chapeca’ é porque Moura é natural de Chapecó, no oeste catarinense. Segundo ele, em Araranguá as pessoas têm o costume de colocar o apelido de acordo com a cidade de onde veio o cidadão.

Vendedor Sincero na ‘Fudix’

O Vendedor Sincero aposta na veia humorística para divulgar seu negócio. Seu “relacionamento sério” no Facebook é com um Fiat Marea 1.8. No entanto, ele acredita no trabalho que faz.

“A porta que Deus abre ninguém fecha”, diz sua conta no Instagram com quase 100 mil seguidores; no Facebook são 400 mil.

Ele é o tipo de vendedor capaz de sair de dentro de um caixão para anunciar uma caminhonete usada em serviços funerários.

A BMW para filho de piramideiro não foi a única sátira do “Vendedor Sincero” contra esquemas financeiros fraudulentos — que afetam um em cada dez brasileiros, de acordo com o SPC.

Em junho, um de seus vídeos fez bastante sucesso na comunidade de criptomoedas. Ele aproveitou que o tema “pirâmide financeira” estava em alta na internet e gravou um esquete – no mês anterior, tiveram destaque as quedas dos esquema conduzido por Unick Forex e Bitcon Banco.

Na propaganda, Moura simulou que estava vendendo o carro depois de ter negociado sua casa e ter pego o veículo na troca — tudo para investir na “Fudix”. O negócio prometia 40% de rendimento ao mês.

“O retorno é 40 por cento e não tem chupada”, disse o Vendedor Sincero, satirizando as conhecidas promessas dos verdadeiros piramideiros.

Na segunda parte do vídeo, ele se mostrou mais confiante ainda e surgiu vendendo seu móveis a ‘preço de banana’ — para aplicar na Fudix, é claro! — porque logo iria ficar milionário.

Como surgiu o Vendedor Sincero

Segundo Moura, o personagem ‘Vendedor Sincero’ foi criado em 2017, quando sua loja de veículos passava por um período de queda nas vendas.

Na ocasião, disse ele, tinha um automóvel Audi que já fazia aniversário na loja, pois ninguém queria comprar.

Ele resolveu então fazer um comercial antagônico — falou de todos os defeitos abertamente e publicou o vídeo nas redes sociais. A propaganda fez sucesso e assim nasceu o personagem.

“Rodou o mundo inteiro. Fiquei conhecido mais por causa daquele vídeo”, comentou.

Na contramão

“É algo bem simples, bem objetivo e bacana, que deu certo”, disse Moura à reportagem sobre o trabalho misturado com humor.

“Na verdade a gente veio na contramão das vendas né, porque hoje todo vendedor, mesmo que o carro esteja ruim, ele vai falar bem”.

Segundo o empresário, falando a verdade como “Vendedor Sincero’, ele vende o carro da mesma forma que o vendedor que precisa mentir.


BitcoinTrade: Depósitos aprovados em minutos!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em menos de 5 minutos! Acesse: bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!