Tether abre conta bancária de R$ 6,6 bilhões em Bahamas; Banco confirmou

(Foto: Pixabay)

A Tether, empresa emissora da stablecoin USDT, criptomoeda indexada ao dólar, anunciou a abertura de uma conta bancária de US$ 1,8 bilhão (cerca de R$ 6,6 bilhões) com o Deltec Bank, uma das mais antigas instituições financeiras de Nassau, capital das Bahamas, segundo comunicado nesta quinta-feira (01).

“A Tether Limited tem o prazer de confirmar que estabeleceu uma relação bancária com a Deltec Bank & Trust Limited (“Deltec”), uma instituição financeira de 72 anos com sede na Comunidade das Bahamas”.

Ao anunciar o novo acordo, a Tether rompe a prática padrão, visto as notórias negociações sombrias que lançaram desconfianças de manipulação de mercado, opinou a CCN.

Segundo a Tether, o Deltec Bank só abriu a conta após uma análise que durou vários meses. Nessas revisões a instituição incluiu uma avaliação se a empresa poderia manter o preço de US$ 1,00 do token do USDT.

Outros pontos analisados pelo banco, segundo a nota, foram as políticas e procedimentos de conformidade, verificação dos acionistas, beneficiários finais e diretores da empresa.

A Tether publicou, ainda, uma carta da instituição financeira aparentemente confirmando que a empresa mantém US$ 1,83 bilhão no banco, mais do que suficiente para cobrir os ativos que apoiam os US$ 1,78 bilhão do USDT em circulação.

O Deltec Bank ressaltou no documento que o emitiu sem responsabilidade para a instituição.

“Esta carta é fornecida sem qualquer responsabilidade e é baseada exclusivamente nas informações que estão atualmente em nossa posse.”

(Fonte: Tether)

No comunicado da Tether, a empresa reiterou sua posição regular de registro na autoridade competente, garantindo segurança aos investidores.

“A Tether Limited está registrada na Rede de Combate a Crimes Financeiros do Departamento do Tesouro dos EUA e mantém os mais altos padrões de procedimentos de AML/CFT (siglas das medidas antilavagem de dinheiro e combate ao financiamento do terrorismo). O USDT no mercado é totalmente garantido por dólares americanos que são depositados com segurança em nossas contas bancárias”.

500 milhões de USDT destruídos

Em meados de outubro a Tether tirou de circulação mais 500 milhões de tokens USDTNa ocasião, os dados do blockchain mostravam que a Tether havia tranferido 500 milhões de USDT do endereço do tesouro para um outro endereço, que o site da empresa indicava ser o endereço oficial de emissão do USDT.

Imediatamente após a confirmação da transação, o endereço de emissão revogou os tokens, não apenas removendo-os de circulação, mas destruindo-os completamente.

Stablecoin da Circle

Em setembro, a Circle, que é uma plataforma de pagamentos, lançou uma moeda estável concorrente do Tether. Ela se chama ‘USD Coin’ (USDC).

No site da empresa, o novo token é anunciado como “o lado estável das criptomoedas”, descrevendo que o usuários do criptoativo poderão movimentar dólares americanos em qualquer lugar do mundo em minutos em vez de dias, além de poder negociar e realizar empréstimos.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br
Siga também o nosso Instagram com análises diárias.