Tailândia: Empresário cai em golpe e perde mais de 5 mil Bitcoins; Ator famoso é suspeito

(Foto: Pixabay)

O empresário finlandês Aarni Otava Saarimaa caiu num golpe milionário ao pagar 5.564 bitcoins por um falso investimento em ações. De acordo com o Bangkok Post, um ator local envolvido no crime foi preso enquanto trabalhava em filmagens.

O ator de cinema tailandês Jiratpisit “Boom” Jaravijit estava atuando num estúdio que fica no distrito de Chatuchak, quando a polícia o surpreendeu e o prendeu apresentando um mandado de prisão por conspiração e lavagem de dinheiro. O ator negou.

O golpe aconteceu no ano passado. Saarimaa foi procurado por um grupo de pessoas que lhes ofereceu investimentos em várias ações tailandesas, um cassino e uma nova criptomoeda chamada Dragon Coin que poderia ser usada na casa de jogos.

O empresário chegou a visitar o casino com os criminosos e, mesmo com um alerta do seu sócio, Chonnikan Kaeosali, que tinha desconfiado do negócio, Saarimaa realizou a transferência.

No início deste ano, Kaeosali, procurou, então, a Divisão de Combate à Criminalidade da Tailândia (CSD) e contou a história. Eles não tiveram nenhum retorno financeiro dos bitcoins investidos.

A CSD abriu uma investigação e concluiu que o grupo não havia feito nenhum investimento para Saarimaa. A agência ainda revelou que seus bitcoins foram trocados por baht (฿) tailandês  e o dinheiro foi transferido para as contas bancárias dos criminosos, o que totalizou na época cerca de ฿ 800 milhões, aproximadamente US$ 24 milhões, segundo o relatório.

“Este caso é complicado. Tivemos que examinar cuidadosamente os documentos e rastrear a trilha do dinheiro. Levamos quase sete meses para obter a aprovação dos mandados de prisão”, disse o comandante de polícia Chakrit Sawasdee, responsável pelo caso.

Passado algum tempo, o CSD também suspeitou que o ator Jiratpisit Jaravijit estava envolvido no plano e o prendeu no início deste mês. Seu irmão, Prinya Jaravijit, é suspeito de ser o mentor da ação criminosa e está foragido. Sua irmã, Supitcha Jaravijit, também faz parte do inquérito.

Prinya Jaravijit foi para os Estados Unidos via Coréia do Sul. A agência informou também que já há uma mobilização das polícias tailandesas e americanas para prender os suspeito.

Conforme relatório das autoridades, o ator foi temporariamente libertado sob uma fiança de 2 milhões de baht e sob a condição de ele não deixar o país.

Outros quatro suspeitos também estão sendo investigados. Segundo o Bangkok Post, eles são “empresários bem conhecidos na Bolsa de Valores da Tailândia”.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!