Startups de blockchain arrecadaram US$ 822 milhões no primeiro semestre de 2019

As startups da blockchain arrecadaram US$ 822 milhões em 279 negócios de capital de risco (VC) no primeiro semestre de 2019, de acordo com um relatório da plataforma americana Outlier Ventures, divulgado em 2 de julho.

De acordo com a pesquisa, intitulada “Estado da Blockchains no Segundo Trimestre de 2019”, 159 ofertas de um total de 279 passaram do estágio de sementes, o que mostra que um número suficiente de empresas passou da prova de conceitos na indústria, lançando “projetos totalmente desenvolvidos em código aberto”.

A esse respeito, a Outlier Ventures citou o maior banco dos Estados Unidos, o JPMorgan, e a Ernst & Young (EY), membro do Big Four da auditoria, que abriu códigos para permitir transações na blockchain da Ethereum (ETH) no início deste ano.

Ao mesmo tempo, a dinâmica do investimento de capital de risco no espaço diminuiu um pouco, de acordo com Lawrence Lundy-Bryan, sócio e chefe de pesquisa da Outlier Ventures. Em um comunicado ao Cointelegraph, Lundy-Bryan afirmou que a frequência de grandes arrecadações do VC no setor de blockchain “diminuiu” até agora, em comparação com o “desempenho desmedido do mercado de touro de 2018”.

Como relatado anteriormente, o tradicional investimento de capital de risco em blockchain e criptos registrou um aumento de três vezes nos três primeiros trimestres de 2018, quando as empresas do setor haviam arrecadado US$ 3,9 bilhões no final de setembro de 2018. Mais três bilhões precisariam ser levantados nos próximos três meses para coincidir com os números vistos em 2018.

Ainda assim, as exchanges cripto continuaram a atrair investimentos no primeiro semestre de 2019, apesar do aumento da atividade regulatória, observou Lundy-Bryan, acrescentando que a exchange sul-coreana Bithumb sozinha conseguiu US$ 200 milhões no primeiro semestre de 2019.

Também é digna de nota a crescente popularidade das listagens em exchanges na forma de ofertas iniciais de exchange (IEOs), bem como outra tendência de investimento direto em protocolos em exchange de tokens e equity.

Fundada em 2013, a Outlier Ventures afirma ser a primeira empresa de capital de risco da Europa focada em tecnologia blockchain. Em junho de 2019, a empresa lançou a The Convergence Alliance, com o objetivo de reunir uma rede de empresas, startups, governos e órgãos reguladores para colaborar na elevação dos padrões da indústria e no lançamento de novos projetos. Os membros da aliança incluem a empresa de tecnologia alemã SAP, a Deutsche Telekom e a Land Rover Jaguar.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!