“Satoshi Nakamoto não é um, são três pessoas”, diz pesquisador brasileiro de criptografia

Avelino Morganti em sua palestra na Bitconf Summer 2018 (Foto: Marília Camelo/Portal do Bitcoin)

“O bitcoin não é a causa, é o efeito”, disse o pesquisador de criptografia e community manager da Huobi, Avelino Morganti na abertura de sua palestra neste sábado (17) pela manhã, em Fortaleza.

Morganti, que abriu o segundo dia de palestras da Bitconf Summer Edition, resgatou a história pregressa de uma famosa lista de emails na qual Satoshi Nakamoto publicou o whitepaper do Bitcoin. “O Bitcoin é a elevação da anarquia ao ciberespaço”, afirmou.

A lista possuía cerca de 700 membros e, embora nem todos fossem libertários, estes eram dominantes (anarquistas e anarco-capitalistas também faziam parte). Foi dessa comunidade cujo ideal anarquista associado a mais avançada criptografia que saíram nomes conhecidos do mundo da internet como Julian Assange, do Wikileaks; e Sean Parker, fundador do Napster.

“Satoshi estava nessa lista há muitos anos acompanhando as discussões”, disse Morganti. “Não acredito que ele seja uma pessoa só. Ele é o resultado de 40 anos de pesquisas. Esse grupo não estava criando moedas digitais por amor ao dinheiro. Eles faziam isso por amor a uma causa”.

Para o pesquisador, são três pessoas que formam o homem que atende pelo nome de Satoshi Nakamoto. O Wei Dai, que em 98 publicou o paper BMoney e não possui nenhuma foto na internet; o já conhecido Nick Szabo e Hal Finney, já falecido, formariam grupo por trás do projeto da moeda criptografada.

“Os três faziam uma espécie de triangulação entre si, um apontando para o outro como o possível Nakamoto. O Finney dizia que achava que era o Szabo, que por sua vez, falava do Dai”.

Morganti contou também que desde 2014, se dedica a pesquisar o quebra-cabeça por trás da identidade de Nakamoto. “Não apenas eu, mas um grupo no qual tem pessoas que eu mesmo só conheço pela internet. Cada um descobre alguma pista e coloca para os demais analisarem”.

Ao final da palestra, ele convidou os participantes a entrarem na lista de discussões em um grupo que se propõe a discutir criptografia e traduzir os artigos mais famosos da área.


Cointrade

Opere criptomoedas 24 horas por dia. Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: https://cointrade.cx

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!