Satoshi Nakamoto está entre os mais poderosos do mundo, diz revista americana

Satoshi Nakamoto está entre os mais poderosos do mundo, diz revista americana
Representação do possível criador do Bitcoin (Foto: Portal do Bitcoin)

O criador do Bitcoin foi listado entre as 100 pessoas mais poderosas do mundo em relação às finanças globais, segundo a revista americana Worth. Satoshi Nakamoto, a pessoa ou grupo cuja identidade não é conhecida, apareceu na 44ª posição ao lado do governador do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda; e de Laurene Powell Jobs, fundadora da Emerson Collective.

O site descreve Nakamoto como uma incógnita, que pode ser um homem, uma mulher ou um grupo de pessoas, japoneses, americanos, europeus ou de qualquer outro lugar no mundo. A lista mostra banqueiros, empresários, especialistas e políticos, entre outras personalidades.

De acordo com a Worth, empresa de mídia focada em finanças, gestão de patrimônio e conteúdo de estilo de vida para um público de indivíduos de alta renda, os fatores relevantes para o nome de Satoshi ocupar a lista dos mais influentes do mundo se resumem em dois pontos:

  • A base que o criador do bitcoin forneceu a todos os desenvolvimentos de criptomoedas.
  • Sua suposta fortuna de quase 1 milhão de bitcoins — cerca de 5% do total em circulação — avaliada no momento de fechamento dessa matéria em aproximadamente R$ 14,5 bilhões.

Outro ponto relevante apontado pelos autores da lista foi que, por mais improvável que seja, se Satoshi Nakamoto resolvesse vender seus BTCs, um grande impacto certamente aconteceria no mercado global de criptomoedas.

Ao contrário de muitas mídias, a Worth preferiu não publicar nenhuma das imagens que já foram apontadas como sendo do criador do bitcoin e que ao longo do tempo percorreram a internet.

Revista não sugere nenhuma imagem a Satoshi Nakamoto. (Fonte: worth.com)

Além de Satoshi Nakamoto

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, apareceu em 1º lugar na lista.

De acordo com Worth, o líder americano botou o país nos eixos com “uma economia em expansão, baixo desemprego e, até recentemente, um estoque crescente mercado.

As investidas contra as economias chinesas e canadenses também foram levadas em conta, além de diminuição de impostos internos e aumentos de tarifas externas.

James Gorman, presidente e CEO da Morgan Stanley, empresa global de serviços financeiros com milhares de escritório pelo mundo, apareceu na 17ª posição, enquanto o diretor executivo de um dos maiores bancos do mundo, o Goldman Sachs, David Solomon, ocupou a 19ª.

É interessante notar que Satoshi Nakamoto superou inclusive alguns dos críticos de sua criação. O economista Paul Krugman, por exemplo, aparece em 93º lugar. Christine Lagarde, diretora do FMI, ficou em 77º.

Homenagem ao criador

A BitMex fez uma homenagem a Satoshi Nakamoto na última quinta-feira (03), quando anunciou no jornal inglês The Times a seguinte frase: “Obrigado, Satoshi. Nós lhe devemos essa”.

O anúncio é seguido pela frase “Feliz 10º aniversário, Bitcoin!” e abaixo a hash do primeiro bloco, o ‘gênese’, extraído em 03 de janeiro de 2009, exatamente 10 anos depois de atitude semelhante tomada por Satoshi.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br