Russos Lançam Computador para Games que Mineram Criptomoedas

Um empresa russa lançou um computador híbrido chamado Cashbox X-Gaming que vai funcionar para jogos e também para mineração de criptomoedas. De acordo com a empresa fabricante, Crypto Technology, o novo equipamento tem capacidade suficiente para cumprir ambas as funções.

O Cashbox X-Gaming é equipado com processadores Intel Core i5 ou i7, duas placas de vídeo Nvidia GTX 1060/1070/1080 Ti, que vão de 16 a 64 GB de RAM DDR4, grande capacidade no sistema de resfriamento e alta qualidade de som.

O novo produto tem um preço inicial de 139 mil rublos (R$ 8.500). Sua configuração é ‘low-end’ e oferece um hashate (poder de processamento) de 106 MH/s podendo chegar a 181 MH/s se estiver com os componentes sempre atualizados, segundo a empresa.

Se o consumidor desejar o equipamento mais potente ele vai ter que desembolsar mais. Anton Sobin, CEO da Crypto Technology, disse que as vendas não serão limitadas ao mercado russo:

“Estamos focados no desenvolvimento do setor de mineração na Rússia e, portanto, vamos tentar disponibilizar o equipamento para todos. O equipamento permitirá aos usuários inexperientes em investimentos passarem por esta experiência de mineração, o que vai fazê-los compreender um pouco sobre esse novo mercado financeiro”.

Num passado não muito distante, a mineração de criptomoedas para algumas altcoins era possível mesmo com um computador simples, diferentemente de hoje que a atividade requer um poder computacional de alto rendimento, comentou o News Bitcoin.

De acordo com uma ferramenta de cálculo disponível na página do produto, os desenvolvedores do equipamento híbrido afirmam que ele é capaz de extrair cerca de 0,23 Ethereum (ETH) por mês, o que equivale a US$ 100 ou aproximadamente R$ 390,00 na cotação de hoje.

Uma pré-configuração no computador pode gerar mais receita (em ETH) se o equipamento for ajustado para que o sistema de mineração trabalhe passivamente.

Porém, esse ajuste tem que ser feito de maneira correta, mas a empresa afirma em seu site que oferece treinamento gratuito e também suporte 24 horas.

O futuro é dos híbridos

Com a tecnologia cada vez mais avançada muitos equipamentos podem ser híbridos no futuro. A ideia de ‘juntar coisas diferentes’ num só produto é antiga.

Há relatos de várias engenhocas no passado, como a da empresa americana Armstrong Company of Connecticut, que há 100 anos criava o Phaeton, um carro híbrido (gasolina/eletricidade).

Na semana passada, uma empresa fabricante de E-Bikes (bicicletas elétricas) do Reino Unido, a 50cycles, anunciou o lançamento de uma ‘mineradora a pedal’, a Toba, uma bicicleta que vai minerar criptomoedas enquanto o ciclista pedala.

De acordo com a empresa fabricante ‘50 cycles, cada usuário poderá gerar cerca de 20 libras esterlinas (cerca de 100 reais) a cada 1.000 milhas percorridas, aproximadamente de 1.600km.

Em março deste ano, a empresa francesa Qarnot anunciou um novo produto, o “Crypto-Heater” que é a fusão de um aparelho aquecedor elétrico e um servidor de computação de alto desempenho para mineração de criptomoedas.

O equipamento foi projetado justamente para que os usuários possam recuperar parte ou até mesmo todo o custo de energia extraindo Ethereum. Na ocasião, a estimativa era de que cada aparelho poderia minerar até 120 dólares por mês.

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/