Russo compra Bitcoin, recebe ‘Gaycoin’ e processa Apple alegando ter virado homossexual

Russo compra Bitcoin, recebe 'Gaycoin' e processa Apple alegando ter virado homossexual
Foto: Shutterstock

Um russo está processando a Apple por danos morais e psicológicos por ter recebido a criptomoeda GayCoin no lugar de Bitcoin por meio de um aplicativo baixado na plataforma.

Agora ele pede uma indenização de cerca de R$ 60 mil (1 milhão de rublos) sob argumento de que a empresa o transformou em um homossexual.

De acordo com as informações publicadas em diversos meios de comunicação nesta quinta-feira (03), uma cópia da denúncia, que corre em um tribunal de Moscou, capital da Rússia, foi obtida pela agência AFP. 

Gaycoin no lugar de Bitcoin

Segundo a reportagem mais recente, da agência internacional AFP, o advogado do russo afirmou que seu cliente havia realizado o download de um aplicativo de criptomoedas na Apple Store e por meio dele comprou bitcoin.

No entanto, ele explica que em vez de BTC seu cliente recebeu 69 ‘GayCoins’.

Disse, ainda, que junto com as criptomoedas veio seguinte mensagem: “Não julgue antes de testar”.

A criptomoeda existe e está listada em uma plataforma chamada Cryptostats. Sua cotação atual é de US$ 0,02.

Arrumou namorado e culpou Apple

Depois do ocorrido, o russo revelou que começou a ter relações homossexuais.

Ele contou:

“A Apple me empurrou para a homossexualidade. Decidi testar as relações sexuais. Dois meses depois, iniciei uma relação íntima com uma pessoa de mesmo sexo e agora não consigo voltar atrás”.

Agora o homem se diz incapaz de abrir o jogo com sua família.

Ele desabafou:

“Tenho um namorado estável e não sei como explicar isso a meus pais. Minha vida mudou para pior e nunca mais voltará a ser normal”.

Depois das mudanças, o russo então procurou o advogado e entrou com a ação.

Homossexualismo na Rússia

A Rússia se caracteriza pela homofobia e pelos frequentes ataques contra membros da comunidade LGTBIQ, comentou a Exame que também publicou a notícia.

Segundo apurou uma reportagem do G1, publicada em agosto, na Rússia, a homossexualidade foi considerada um crime até 1993 e uma doença mental até 1999.

“Embora haja comunidades homossexuais ativas nas principais cidades do país, a atmosfera é mais tensa desde que a Rússia adotou, em 2013, uma lei que proíbe a ‘propaganda’ gay a menores”, escreveu o site.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!