Rival da Ethereum pode Suportar CryptoKitties

Esta é uma publicação paga. O Portal do Bitcoin não endossa e não é responsável por nenhum conteúdo, precisão, qualidade, publicidade, produtos ou outros materiais nessa publicação.

Aqueles usuários que acompanharam o desenvolvimento da rede Ethereum há pelo menos alguns anos já conhecem as declarações vociferantes dos desenvolvedores de que o próprio sistema possui um grande potencial e tem como objetivo adquirir o status do “computador mundial” que substituirá a Internet padrão e aplicações. Mas um precedente recente relacionado ao jogo CryptoKitties com base na Ethereum abalou a confiança do usuário no projeto de Vitaly Buterin. Qual é o problema e como é o jogo inocente sobre gatos está envolvido? Vamos discutir isso neste artigo.

Gatinhos matam Ethereum

CryptoKitties é um jogo que foi lançado na rede Ethereum e atraiu milhões de usuários em alguns dias. Sua essência é bastante simples: há um conjunto de gatinhos virtuais que você pode comprar, vender e cruzar. Parece que a ideia do projeto não é nova, mas o fato de que todos os dados do jogo estão no blockchain e que você pode comprar seu próprio animal de estimação somente com o Ethereum, isso criou um hype incrível. Em apenas alguns dias, os usuários gastaram cerca de US$ 3 milhões no jogo.
A incrível carga na Ethereum resultou na rede não conseguir lidar com essa quantidade de transações. A maioria dos usuários queixa-se de que eles não conseguiram comprar um gato virtual por vários dias por causa da sobrecarga. Vale ressaltar que mesmo Nick Johnson, um dos desenvolvedores Ethereum, afirmou que viu o problema da rede “pendurar” por causa do Cryptokitties.

A maior ironia desta situação é o marketing da equipe Ethereum e suas infinitas promessas de se tornar um “computador mundial”. E, de fato, estamos obtendo um sistema que não pode suportar apenas um aplicativo descentralizado. Por que isso está acontecendo? Nós vamos descobrir isso.

Por que a rede Ethereum não resistiu ao CryptoKitties?

Se falando sobre a sobrecarga da Ethereum, vale a pena notar que hoje a rede tem uma capacidade de cerca de 25 transações por segundo, o que foi suficiente para o trabalho diário, mas não foi suficiente para atender às necessidades de mais usuários. É por isso que o influxo de usuários em CryptoKitties e o rápido aumento das transações abalou todo o sistema.

Principalmente este problema é causado por cada node replicando outros nodes no sistema. Isso certamente aumenta a segurança e a sustentabilidade da rede, mas reduz a velocidade da rede com quaisquer mudanças rápidas no blockchain, e todas as mudanças nele são as transações propriamente ditas.

Mesmo antes do surgimento do CryptoKitties, o problema existia, mas não era tão crítico, porque até hoje o círculo de usuários que usam Ethereum é pequeno o suficiente, mesmo em comparação com o Bitcoin. Os gatinhos no blockchain trouxe consigo novos jogadores e, portanto, centenas, milhares e até mais novas transações que a rede não estava preparada para executar.

Infelizmente, ainda não há como aumentar a escalabilidade do Ethereum que possa resolver o problema sem afetar a funcionalidade e o desempenho dessa rede. Mas a maioria das desvantagens da criação de Vitaly Buterin foi eliminada com êxito pelos desenvolvedores de outro projeto chamado CREDITS. Vejamos isso com mais detalhes.

CREDITS é um análogo escalável e mais produtivo da Ethereum

CREDITS é uma plataforma blockchain que oferece funcionalidade semelhante à rede Ethereum, incluindo:

  • Possibilidade de criar contratos inteligentes.
  • Lançamento de empresas autônomas descentralizadas.
  • Possibilidade de pagamento usando criptomoedas.
  • Lançamento de aplicativos descentralizados em diferentes formatos.

A principal vantagem desta plataforma é a alta velocidade das transações. Para comparação, a rede Ethereum possui uma média de 15 transações/seg, e CREDITS executa até 1.000.000 transações/seg. Essa capacidade de rede é fornecida através da utilização de uma nova forma de blockchain, além de algoritmos de compressão aprimorados para reduzir seu volume.
Além disso, o CREDITS tem um algoritmo de consenso mais rápido e estável baseado no DPOS + BFT que encoraja os proprietários de nodes não só a manter a rede, mas também a manter sua alta capacidade.

Apesar da Ethereum já ser considerada um veterano da indústria de criptomoedas não é uma solução pronta. Isso foi mais uma vez confirmado pelo aplicativo CryptoKitties. A plataforma blockchain CREDITS pode ser uma excelente alternativa à Ethereum, graças à eliminação das principais desvantagens e aos usuários que usam a funcionalidade já acostumada de forma mais eficiente e fácil.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!