Poder de mineração do Bitcoin bate novo recorde histórico

(Foto: Shutterstock)

A rede Bitcoin está em forte crescimento desde o inicio de 2019, com o poder de mineração (hashrate) atingindo novos recordes a cada novo mês.

Nesta semana, de acordo com o Bitinfocharts, a rede do bitcoin atingiu 78.9978 EH/s, dobrando a potência do início do ano. Quanto maior o hashrate, maior a dificuldade de se minerar uma unidade de BTC.

O bitcoin é projetado para ajustar sua dificuldade de mineração a cada 2.016 blocos (aproximadamente 14 dias), com base na quantidade de poder de computação implantado na rede. Isso é feito para garantir que o intervalo de produção do bloco no próximo período permanecerá constante a cada 10 minutos.

Quando há menos força envolvida, a dificuldade cai; quando há mais máquinas trabalhando, ela aumenta.

Evolução assustadora

Nos últimos três anos, o hashrate do Bitcoin multiplicou por mais de sessenta vezes. Em 2017, um pouco antes do preço do bitcoin bater US$ 20.000, o hashrate atingiu 60 EH/s.

Durante 2018 o taxa chegou a despencar pela metade, alcançando 31 EH/s mas vem subindo desde então e disparou a medida que o preço do BTC voltou a subir.

85% de todos os Bitcoins já foram minerados

A quantidade de bitcoin minerada ultrapassou a marca de 17.850.000 na quarta-feira (31). Isso significa que 85% de todos os bitcoins já foram minerados.

Satoshi Nakamoto, ao escrever o código do bitcoin, estabeleceu que a quantidade máxima de BTCs existentes seria de 21 milhões. Como a mineração está programada para ser finalizada aproximadamente no ano de 2140, as 3.150.000 moedas restantes serão mineradas durante 121 anos.


Compre Bitcoin na Coinext

 Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!