Nasdaq vai lançar mercado de futuros de Bitcoin apesar de queda: Bloomberg

(Foto: Shutterstock)

A Nasdaq, segunda maior bolsa de valores do mundo, segue com o plano de lançar uma bolsa de futuros de Bitcoin no primeiro trimestre de 2019. De acordo com uma reportagem da Bloomberg publicada nesta terça-feira (27), duas pessoas familiarizadas com o projeto garantiram que a queda no preço não interferiu com os planos.

A aposta é que o interesse por criptomoedas mantenha a relevância no futuro. O maior desafio, conforme as fontes citadas, é conseguir satisfazer os critérios do reguladores do governo americano, em especial a comissão de Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities (CTFC na sigla em inglês). Uma vez que todos os requisitos forem contemplados, os contratos poderão ser lançados.

A ideia da Nasdaq não é nova. Em novembro do ano passado, o Wall Street Journal já havia mostrado que Wall Street estava de olho no mercado de criptomoedas. Na ocasião, o plano era lançar o produto financeiro ainda em 2018, o que certamente não acontecerá.

Na época o relatório obtido pelo jornal americano dizia que o contrato de Bitcoin da Nasdaq estrearia no Nasdaq Futures, ou NFX, um mercado que o grupo lançou em 2015 que até agora se concentrou principalmente na negociação de energia.

Meses mais tarde, a CEO da bolsa, Adena Friedman, tornou público o interesse pelo mercado. Em abril, ela afirmou que “com o tempo a Nasdaq consideraria se tornar também uma exchange de criptomoedas”.

A executiva revelou em entrevista à CNBC que isso poderia acontecer quando as pessoas estiverem prontas para um mercado mais regulado, algo, na visão dela, que fornecesse uma experiência mais justa aos investidores.

A ideia é que para a Nasdaq entrar no jogo seria preciso regras mais claras e institucionais. É bom lembrar, contudo, que na entrevista Friedman adotou uma postura mais hostil às Ofertas Iniciais de Moedas, as ICOs.

Lançamento adiado

Já a Intercontinental Exchange (ICE), proprietária da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), anunciou que adiaria o lançamento de seu muito aguardado derivativo do mercado futuro de bitcoin pelo menos até 24 de janeiro de 2019.

Esse novo produto da bolsa estava programado para entrar em operação na ICE em 12 de dezembro, proporcionando aos investidores americanos a primeira oportunidade de negociar um contrato futuro de criptomoeda estabelecido em um mercado respeitado e regulamentado.

A ICE alegou que o atraso proporcionaria à empresa tempo adicional para os clientes entrarem antes de iniciar o armazenamento de BTC e abrir o mercado de futuros.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br