Multinacional de blockchain oferece vagas de trabalho no Brasil

Multinacional de blockchain oferece vagas de trabalho no Brasil
(Foto: Shutterstock)

A empresa Mainframe, especializada na solução para aplicativos descentralizados, está à procura de profissionais no Brasil. A startup está chegando ao país e terá um escritório sediado em São Paulo.

A companhia, que possui escritórios em Salt Lake (EUA) e Londres (Inglaterra), está montando “um time de desenvolvedores” para atuar no mercado brasileiro e com isso anunciou vagas para os cargos de engineering team lead; senior software engineer; mobile developer e de Front-end engineer.

A pessoa que deverá liderar a equipe de engenharia não precisa ser necessariamente um engenheiro, uma vez que o anúncio deixa claro que tanto essa formação acadêmica bem como nas áreas de Ciência da computação e sistemas seriam o diferencial.

Apesar disso, o “engineering team lead” precisa preencher alguns requisitos. O interessado deve ter pelo menos “dois anos de experiencia liderando um time de desenvolvimento e cinco anos de experiencia com desenvolvimento de software”.

Nesse ponto, a Mainframe ainda requer da pessoa seja “tecnicamente atual, com habilidades que podem ser consultadas pelo Github e perfil atualizado no Linkedin”.

Segundo as informações do anúncio, os portfólios de trabalhos passados poderão contar pontos a favor do candidato que ainda deve ter “boa higiene e organização de código, incluindo mecanismos de test/behavior-driven development (BDD/TDD)”.

A empresa espera da pessoa que queira preencher essa vaga experiência com revisão e contribuição de código, além de integração contínua e deployment.

Para as funções de senior software engineer; mobile developer e de front-end engineer, entretanto, a Mainframe prefere pessoas que tenham formação em ciência da computação ou em algum curso equivalente.

Os candidatos a sênior em engenharia de software devem ter experiência com redes p2p; scaling; criptografia aplicada; sistemas distribuídos, além de “entendimento da teoria de base de dados”.

A fluência em várias linguagens da programação também é algo requerido para aqueles que desejam preencher essa vaga. Com isso, o candidato tem de conhecer as linguagens Javascript; Go;Elixir; Erlang; Python; Ruby; C/C++; Other e  Solidity.

Aos interessados em ocupar a vaga de mobile developer, apenas se espera deles “fluência em Objective C/Swift (para iOS) ou Java (para Android)”, além de ampla experiência “com publicações de aplicações nativas em iOS ou Android incluindo padrões e plug-ins de terceiros, livrarias, padrões de design e melhores práticas”.

O cargo de front-end engineer será ocupado por um dos candidatos que seja fluente nas seguintes linguagens de programação: Javascript ES6; Babel; Webpack; Node JS; React; Flow; Unit Tests; HTML/CSS; SCSS e SVG.

A empresa também espera dos candidatos a quaisquer das vagas anunciadas a disponibilidade para fazer viagens internacionais para visitar os escritórios sediados em Londres e Salt Lake.

Em contrapartida, a Mainframe oferece “Salário competitivo com o mercado e plano de saúde, sendo esse último algo opcional. Os futuros funcionários da multinacional irão trabalhar num escritório no “WeWork, em frente ao Metro Consolação”, que a empresa define como um “ambiente de trabalho agradável”.

A empresa no Brasil

A Mainframe que atualmente conta com um equipe de 30 pessoas e possui escritórios em Londres e Salt Lake está construindo “uma plataforma para transformar o desenvolvimento de aplicativos descentralizados”, os “dapps”.

A intenção é de tornar esses dapps em algo mais simples e fácil, onde os “desenvolvedores e os usuários tem controle de seus dados e destino”. Para isso, a empresa afirma estar trabalhando “para entregar o framework completo, funcionalidade e suporte para developers navegarem com sucesso no mundo da web3”.

“O design do network é único e faz com que privacidade e segurança sejam automáticos. Isso impede qualquer tipo de censura ou boicote.”

A decisão de abrir um escritório em São Paulo foi tomada no ano passado. Esse foi o motivo da Mainframe ter feito vários eventos pelas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. A intenção era de “se aproximar da comunidade brasileira”.

“Desde o final do ano passado a Mainframe fez vários eventos para se aproximar da comunidade brasileira. Os meetups em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte surpreenderam positivamente a equipe”.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil. Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br