Muito Pouco Uso de Bitcoin na China, 99% é Especulação

0

Em uma recente entrevista com Chris DeRose, Vice-presidente do Bitbank Group de Assuntos Internacionais, Virgilio Lizardo Jr. discutiu quais os tipo de pessoas estão usando bitcoin na China.

O Bitbank Group está por trás de algumas das empresas mais conhecidas bitcoin na China, como a empresa de mineração BW e a exchange Bter.

Uso de Bitcoin em China se resume à especulação

De acordo com Lizardo, o uso do bitcoin para a especulação de preços é a principal coisa que atraiu as pessoas para a moeda digital na China.

“Há muito pouco usuários”, disse Lizardo DeRose durante a recente entrevista. “Eu diria que 99 por cento são especuladores.”

Nos Estados Unidos e em outras partes do mundo ocidental, muitos dos primeiros adeptos do bitcoin tinham razões ideológicas para entrar nessa nova tecnologia, principalmente de um ponto de vista libertário. Segundo Lizardo, essa mentalidade não é tão popular na China.

“Não há ideologia”, disse Lizardo. “Muito poucas pessoas [na China] entram em bitcoin porque acreditam que é algo que é melhor para o mundo ou algo assim, então é tudo especulativo”.

Do ponto de vista de Lizardo, a cultura por jogos de azar e da tomada de risco financeiro na China é o que levou uma parte da população ao bitcoin.

“Quando se trata de investimento, eles são grandes tomadores de risco”, disse Lizardo. “Para eles, quando eles aprenderam sobre bitcoin, era como o recurso mais especulativo que eles já viram em suas vidas. . . Essa é a principal razão pela qual as pessoas entraram no bitcoin aqui. “

Lizardo acrescentou que as primeiras pessoas a entrar no bitcoin na China foram mineradores, principalmente devido à eletricidade barata e hardware barato disponível no país.

“Esses caras aprenderam sobre bitcoin e eles estavam na indústria de hardware”, disse Lizardo. “Eles fizeram algumas mineradoras e eles foram para as zonas rurais da China e montaram suas instalações de mineração.”

Lizardo mais tarde acrescentaria que a natureza restritiva do mercado de ações chinês é algo que tem ajudado o interesse no bitcoin como um ativo especulativo.

A Especulação continua com Altcoins e ICOs

Se a especulação é a principal força por trás do interesse da China em bitcoin, então não deve ser surpresa ouvir que altcoins e ofertas iniciais de moedas (ICOs) também são populares no país.

Leia Também: Top 10 Altcoins: Tudo o que você precisa saber sobre as concorrentes do Bitcoin

Investidores Japoneses Podem Estar Abastecendo a Próxima Bolha das Altcoins

“As coisas podem ser enormes na China porque é um mercado tão grande e há tantas pessoas, e ninguém jamais saberia sobre isso fora da China”, disse Lizardo.

Em termos de altcoins que apareceram na China, Lizardo apontou para Ethereum, Qtum e Factom, com Ethereum sendo o único onde há um sentido que poderia haver alguma promessa real de longo prazo e não apenas especulação completa.

“Ethereum fez um trabalho muito bom desde o início no envolvimento da China e no estabelecimento de comunidades aqui”, disse Lizardo. “[Vitalik Buterin, criado da Ethereum] vem aqui desde o início.”