Mineradores de bitcoin na China despejam máquinas na rua com queda no preço

(Foto: Shutterstock)

Operando com prejuízo, fazendas de mineração começam a fechar e se desfazer de suas máquinas. Este foi um dos fatores que fez o hashrate (poder de mineração) do Bitcoin cair quase 50% a partir do topo em menos de um mês.

É a primeira vez na história que o hashrate do bitcoin cai de forma tão significativa. Desde o inicio, o aumento do poder de computação da rede subia constantemente, apesar de alguns períodos de volatilidade. Depois que a criptomoeda caiu abaixo do suporte principal de US$ 5.000, as coisas parecem ter mudado.

Gráfico do hashrate do Bitcoin desde 2009 (Fonte: Blockchain.com/charts/hash-rate)

Mineradores de Bitcoin nas ruas

Um vídeo compartilhado pelo @cnLedger, uma fonte confiável da China, mostra Asics (máquinas dedicadas à mineração do ativo digital) sendo despejados nas ruas.

Algumas pessoas estavam duvidando da situação, porém, uma segunda foto foi compartilhada pelo cofundador da F2Pool confirmando as informações.

“Depois do crash do mercado de ontem, dezenas de milhares de mineradoras foram fechadas por nossos clientes”, disse o co-fundador da F2Pool, referindo-se à queda repentina de preços do bitcoin.

Segundo o Trustnodes, a mineradora teve que ser desativada, mas é impossível vender no mercado paralelo, só podendo ser vendida como sucata, por quilo.

De acordo com o site 8btc, alguns mineradores de pequeno e médio porte estão tentando vender sua máquinas no mercado de segunda mão. Os preços, porém, são vinte vezes menor do que eram no mesmo período do ano passado.

Allex Ferreira, conhecido como Barão do Bitcoin, disse que recebeu as informações também pelos grupos de WeChat (uma rede social chinesa) de que participa. “Não tem mais o que fazer com elas. Nem pra sucata presta”, disse ao Portal do Bitcoin por telefone.

Segundo Barão, que recentemente anunciou que deixaria de minerar, para voltar a valer a pena, o hashrate precisa cair mais de 40%. “Tem que ficar abaixo do que estava em outubro/novembro do ano passado”.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br