Midas Trend fecha as portas no Brasil e deixa clientes sem receber

Sem pagar clientes Midas Trend volta a vender robô de arbitragem e fala em expansão internacional
Presidente da Midas Trend Deivanir Santos. Reprodução/Youtube

O presidente da Midas Trend, Deivanir Santos, anunciou durante sua última live realizada na segunda-feira (13), no Instagram, que irá fechar a empresa no Brasil. Os clientes seguem com dinheiro preso e continuarão por mais pelo menos 90 dias.

“Vamos parar de operar com a Midas Trend no Brasil. Todos os planos estão sendo encerrados”, anunciou Santos para mais de dez mil telespectadores que acompanhavam o anúncio ao vivo.

A culpa, segundo o presidente, é principalmente das regulamentações do país e dos bancos. “O nosso setor não tem regulamentação no Brasil. Os bancos estão boicotando a Midas Trend.”

A empresa, contudo, já vem retendo saques dos clientes desde outubro. Na época, Santos havia culpado a Urpay pelos atrasos e ameaçado os clientes que estavam reclamando dos atrasos, falando que os prejudicados seriam eles mesmos caso a empresa parasse de pagar.

Os problemas só pioraram desde então. Para tentar amenizar o caos, Santos fazia novas lives e promessas a cada nova semana. Na última delas, o presidente disse que todos iriam receber até 31 de dezembro de 2019. Na semana seguinte, sem cumprir a promessa, Santos voltou a vender seu robô de arbitragem para continuar levantando dinheiro.

A última promessa

Ainda durante a live desta semana, Deivanir Santos afirmou que irá criar a Midas Internacional. “Estamos estudando o país em que nós vamos sediar a nossa empresa e nossa exchange, para de lá poder pagar os clientes do Brasil e do mundo inteiro”, disse o presidente.

Para os clientes com dinheiro preso, Santos dá duas opções: A primeira é continuar investindo na empresa enquanto ela se recupera. O novo prazo dado é de 90 dias.

A segunda opção é optar por cancelar o plano com a empresa. Nessa opção, porém, não é dado prazo. Segundo Santos, há um limite imposto pelas exchanges brasileiras de 0,2 BTC por dia para saque.

Ele não explicou, contudo, como esse limite não se aplicaria para quem quiser continuar. O Portal do Bitcoin também consultou os sites das principais exchanges brasileiras e nenhuma possui limite de saque em bitcoin de apenas 0,2 BTC por dia.

Como funcionava a Midas Trend

A empresa Midas Trend vendia licença de uso de um suposto robô de arbitragem chamado ‘Botmidas’, que seria o responsável pelas operações com criptomoedas que geravam os rendimentos. 

Em busca no Youtube, é possível encontrar pessoas convidando para participar da empresa e oferecendo rendimentos de até 40% ao mês para quem utilizar os robôs.

Em uma simples apresentação de um divulgador da Midas Trend de Goiás, chamado Vauberti Freitas, que além da Midas ele divulga uma gama outros negócios parecidos, mostra como o dinheiro pode render apenas comprando ‘licença de bots’.

“Você trocaria R$ 534 reais por R$ 2.397? Eu troquei com certeza”, disse ele, sugerindo que aquele teria sido seu lucro. O vídeo foi publicado em agosto de 2019.

Para comprar as licenças dos bots, que que pode custar até R$ 8 mil, é preciso entrar na rede de alguém e comprar um curso. Ativado, o usuário pode começar a investir, que é botar o robô para operar. A pessoa que te convidou ganha uma porcentagem pela venda.

Além disso, a empresa oferece também os famosos bônus de binário, conhecido por figurar entre as principais pirâmides financeiras que quebraram recentemente no Brasil.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!