Mercado Bitcoin sofre ataque de fake news via Whatsapp e Telegram

Mercado Bitcoin sofre ataque de fake news via Whatsapp e Telegram
(Foto: Pixabay)

Uma das principais exchanges do Brasil, a Mercado Bitcoin, vem sofrendo nesta quarta-feira (10) um estranho ataque pelas redes sociais, Whatsapp e Telegram. Não é de um hacker nem um tipo de golpe, mas sim a difusão de uma notícia falsa sobre a corretora.

A imagem mostra o que seria um email que parece ser geral, mas endereçado a um certo David, no qual o leitor é informado que a corretora ficará suspensa “por tempo indeterminado por ordem judicial”.

Pede também que todos os clientes retiram seus fundos da empresa pois em 48 horas ocorrerá o bloqueio. “Apos esse prazo nao nos responsabilizamos por qualquer transtorno”, diz encerra o texto, assim mesmo, sem acento e til.

Print que está circulando nas redes sociais

Não foi possível identificar ninguém que tenha recebido o email. A prática mais comum deste tipo de mensagem seria a de phishing. Ou seja usar os links internos para roubar as criptomoedas de quem recebeu o email.

Tudo indica, portanto, que a mensagem é um tipo de ataque de fake news cujo objetivo é estimular as pessoas a sacarem o que possuem da Mercado Bitcoin.

Em nota, a empresa disse que o print era “grotescamente falso”.

Leia a nota do Mercado Bitcoin sobre o caso

O Mercado Bitcoin informa que o print que tem circulado em algumas redes sociais é falso e não temos nenhuma notícia de qualquer cliente que tenha de fato recebido o suposto e-mail. Assim, não se trata sequer de tentativa de phishing, mas apenas de um print grotescamente falso sendo compartilhado sobre as operações do MB.

A empresa reforça que todas as operações seguem em ritmo normal. Também ressalta que toda e qualquer comunicação do MB é enviada apenas através de seus canais e e-mails oficiais. Qualquer comunicação que não seja através deles é falsa e não foi está relacionada à companhia.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!