Mastercard Usará Blockchain para Processar Pagamentos

A empresa de cartão de crédito Mastercard está indo para a frente com um conjunto de ferramentas de pagamento blockchain, primeiramente revelado no ano passado.

Em um comunicado de imprensa, a empresa anunciou que primeiro trabalharia no business-to-business (B2B) com a tecnologia, como parte de uma tentativa de “enfrentar desafios de velocidade, transparência e custos em pagamentos transfronteiriços. ”

A Mastercard revelou pela primeira vez a sua blockchain em outubro de 2016, lançando sistemas voltados para contratos inteligentes e processos de liquidação de pagamentos. Na época, o líder da cadeia de blocos Justin Pinkham disse que a empresa estava procurando colaboradores para trabalhar com a plataforma da empresa.

Leia Também: Ninguém é Mais Receptivo aos Benefícios das Moeda Digitais do que Nós, Diz Visa

Agora, a MasterCard está encorajando outras empresas a começarem a estabelecer transações através das APIs da blockchain, o que diz que pode aliviar a fricção experimentada durante os processos de pagamentos transfronteiriços.

Ken Moore, vice-presidente executivo da Mastercard Labs, afirmou em um comunicado:

Ao combinar a tecnologia da blockchain da Mastercard com nossa rede de liquidação e as regras de rede associadas, criamos uma solução segura, auditável e fácil de escalar.

A empresa disse que pretende combinar suas APIs blockchain com outros serviços para permitir que os parceiros desenvolvam seus próprios usos de caso e criem tipos de transação únicos.

Além disso, a Mastercard também destacou seus esforços para buscar direitos de propriedade intelectual em torno de seus usos da tecnologia, bem como seu trabalho com a Enterprise Ethereum Alliance em usos de caso “bem fora do escopo do ambiente de pagamentos tradicionais da Mastercard”.

Por exemplo, em um pedido de patente recentemente divulgado, a empresa indicou que estava buscando um sistema uniforme de liquidação de pagamento, que poderia utilizar a blockchain como veículo para pagamentos B2B.

Leia Também: Maior Exchange do Japão Lança Cartão Pré-Pago Visa de Bitcoin