Margem de lucro dos mineradores de Bitcoin caiu pela metade: BitMEX Research

Mineração do Bitcoin e Ethereum se tornou menos lucrativa (Foto: Shutterstock)

O Centro de Pesquisa da BitMEX analisou o impacto da queda de preço do Bitcoin e das principais criptomoedas no lucro bruto dos mineradores.

Antes da queda recente, a indústria estava tendo margens de lucro brutas de cerca de 50% (esses números supõem que a eletricidade é o único custo incluído nos lucros brutos), enquanto após o crash dos preços, caiu para cerca de 30% para o Bitcoin e 10% para o Ethereum.

Fonte: BitMEX Research, Poloniex para os preços

O hashrate (poder de mineração) do Bitcoin caiu cerca de 31% desde o início de novembro de 2018, o equivalente a cerca de 1,3 milhão de máquinas de mineração Bitmain S9.

Com a queda do hashrate, a rede do Bitcoin teve dois ajustes de dificuldade, o primeiro de 7,4% e o segundo de 15,1%, em 16 de novembro e 3 de dezembro, respectivamente. O reajuste de 7,4% foi o maior desde janeiro de 2013 e o reajuste de 15,1% foi o maior desde outubro de 2011.

Rentabilidade da mineração do Ethereum

No mesmo período, o hashrate do Ethereum caiu apenas 20%, bem menos do que o Bitcoin (representando cerca de 1,5 milhão de placas gráficas de última geração).O declínio nos preços, por outro lado, foi mais significativo do que o Bitcoin, de 54%.

Segundo a BitMEX Research, existem algumas razões que pode explicar isso. Pode ser que os mineradores de Ethereum sejam mais focados no hobby e menos focados no lucro, ou os mineradores de Ethereum poderiam ter começado com uma posição de margem bruta mais alta do que o Bitcoin, então eles estão menos inclinados a monitorar a rede e desligar as mineradoras quando necessário.

De acordo com dados da pesquisa, as margens de lucro bruto da mineração de Ethereum agora parecem significativamente mais baixas do que do Bitcoin, caindo para 15% nos últimos dias, então isso pode mudar (Nota: Esta análise incluiu apenas custos de eletricidade, incluindo outros custos, mineração pode ser um operação que não lucrativa).

Mineradores podem não estar tão mal quanto aparenta

A BitMEX Research concluiu que muitos mineradores estão passando dificuldade. No entanto, nem todos os mineradores têm os mesmos custos e os mineradores com custo mais alto desligam suas máquinas primeiro, pois não aguentam se manter com a queda dos preços. Para os que operam com custos mais baixos, a análise indica que a situação pode ser melhor do que as pessoas esperam.

Um ponto crucial não refletido na análise acima é a variação nas taxas de eletricidade. A análise assume um custo fixo de US$ 0,05 centavos por KwH; no entanto, nem todos operam com os mesmos custos de eletricidade. Obviamente as mineradoras têm outros custos, como o investimento de capital no maquinário, bem como custos de manutenção e construção.

Se as mineradores adquiriram seus equipamentos a preços abaixo do custo, eles ainda poderiam estar no verde, mesmo incluindo depreciação e outras despesas.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br