Maduro Anuncia Sucesso de Venda da Petro e Notícia Repercute Negativamente

Em meio à repercussão do anúncio do presidente da Venezuela Nicolás Maduro sobre o sucesso na pré-venda da criptomoeda Petro, onde ele afirma que já tem promessas de compras de US$ 735 milhões, surgem especulações e boatos de que Maduro está blefando.

Alguns canais de comunicação, como o respeitado site Ars Technica, publicou uma matéria exclusiva abordando essa suposta farsa, isso porque, segundo informações do jornalista Timothy B. Lee, o governo venezuelano não ofereceu nenhuma transparência dessas negociações, o que impede informações verídicas.

O jornalista também fala sobre a desordem que está sendo esse projeto:

“A pré-venda foi uma bagunça, foi muito desorganizada. Detalhes técnicos com elaboração ainda em curso após as vendas já terem começadas? A própria rede de petroleiros ainda não foi lançada, e o governo ainda não deixou claro como isso vai funcionar”, escreveu B. Lee.

Já o conceituado site britânico Express evidenciou o assunto justamente para alertar os investidores interessados na criptomoeda, e principalmente os americanos, que o comprador pode estar violando as sanções impostas pelos Estados Unidos que proíbem a compra (ou parte) da dívida venezuelana.

“A Petro parece ser uma extensão do crédito ao governo venezuelano e poderia, portanto, expor as pessoas dos Estados Unidos ao risco legal. Acredito que este projeto de criptomoeda é mais uma tentativa de sustentar o regime de Maduro, ao mesmo tempo em que se dissolvem os recursos da população venezuelana”, disse o porta-voz do Tesouro Nacional, na mesma reportagem.

Apesar de muitas notícias negativas, há pessoas otimistas que procuram esquecer boatos e refletem sobre outro “carma” das criptomoedas, a regulamentação, como raciocinou Matthew Newton, analista da ‘etoro’: “Se a Petro prosseguir e o governo venezuelano obtiver sucesso, pode despertar o interesse de outros países fazerem o mesmo, e talvez gere uma possível erradicação das barreiras que impedem a regulamentação das criptomoedas em nível mundial”.

A Venezuela espera vender 82 milhões de Petros em um processo nessa fase de pré-venda do ICO o qual começou oficialmente na última terça-feira (20), gerando sentimento de sucesso para uns e de incertezas para outros. E não para por aí, Maduro pretende lançar outro ICO, o ‘Petro Gold’:

“Na próxima semana vou lançar o ‘Petro Gold’, apoiado pelo ouro, que é ainda mais poderoso e que fortalecerá o Petro”, disse Maduro em um discurso televisionado.

Leia Também: Multimilionário Projeta Resort no Caribe Gerido em Bitcoin Cash

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!