Jovem indiano ameaça atacar aeroporto de Miami com fuzil após sofrer golpe com bitcoin

(Foto: Pixabay)

Um adolescente de 18 anos, morador de Jalaun, em Uttar Pradesh, na Índia, ameaçou atacar com arma de fogo o aeroporto de Miami nos Estados Unidos após supostamente ter sido enganado por um americano em uma negociação de bitcoin, reportou o Hindustan Times.

Após monitoração da polícia indiana por meio de agentes do Grupo Antiterrorismo de Uttar Pradesh, o rapaz foi identificado e interrogado pela autoridade por ter realizado várias ligações ao FBI ameaçando atacar o aeroporto americano.

À polícia, ele alegou que perdeu US$ 1 mil (aproximadamente R$ 3.700) após uma negociação via chat em uma rede social, quando solicitou ajuda ao FBI e não obteve respaldo, diz a reportagem.

Om Prakash Singh, diretor-geral da polícia de Uttar Pradesh, disse que o adolescente não iria preso e que sua identidade vai permanecer em sigilo pelo motivo de ele ter apenas 18 anos e três meses de idade, diz o site.

No entanto, o jovem cidadão de Jalaun deve responder por vários crimes, segundo a polícia, visto ter sido aberto um boletim de ocorrência e ele deve citado nos tribunais.

Sem bitcoin, com ameaças

De acordo com as autoridades indianas, o adolescente fez pelo menos 50 ligações para o FBI entre 2 e 31 de outubro, usando nome e emails falsos.

Pelo menos cinco ligações também foram feitas por ele ao aeroporto de Miami, quando ameaçou invadir e atacar o local com um fuzil AK-47, granadas e um cinturão suicida, informou a polícia.

Foi quando o FBI se aproximou da Agência Nacional de Investigações da Índia (NIA) para ajudar a rastrear o suspeito, encontrado logo depois pelo Grupo Antiterrorismo indiano.

Durante o interrogatório, o rapaz teria dito aos investigadores que ele havia recebido US$ 1 mil de seu pai para investir em bitcoin, mas que foi enganado na internet em uma sala de bate-papo quando lhe prometeram lucros ainda maiores que o que ele almejava com a compra da criptomoeda, contou a reportagem.

Todo cuidado é pouco

Negociações financeiras mal sucedidas pode levar qualquer pessoa a um estado imediato de nervosismo e desespero. Contudo, a perda do jovem indiano, mesmo que infeliz, não chega a ser catastrófica quanto foi a perda do empresário brasiliense de 36 anos brasileiro Renato Varela.

Assim como o indiano, Varela caiu num golpe. Este lhe trouxe um prejuízo de R$ 270 mil na época, em julho do ano passado.

Ele contou que ao chegar de uma viagem de negócios seus 10 bitcoins mantidos na exchange Bittrex haviam sumido. Ele havia sido hackeado através de phishing, uma prática corriqueira em cibercrimes que rouba dados.

“O cara usou a minha conta e os meus recursos para comprar as moedas dele”, lembrou Varela. “Foi uma jogada de hacker mesmo, chorei de fato, fiquei muito arrasado”.

Ao comunicar a exchange, Varela recebeu um ‘sinto muito’ da bolsa e viu que o esquecimento de melhorar a segurança de sua conta — autenticação 2 fatores, por exemplo — lhe custou muito caro.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br