A Indústria da Saúde usa a Blockchain para a Segurança

2

O setor de saúde tem que lidar com vários problemas em relação à segurança e à privacidade de dados valiosos. Nos últimos anos, os hospitais serviram como alvo principal para cibercriminosos que realizaram ataques de resgate nas instituições.

Em abril, as agências de segurança cibernética dos EUA e do Canadá emitiram avisos aos prestadores de serviços de saúde sobre o aumento do número de ataques. Este é o ponto em que a tecnologia blockchain entra.

Muitos dos aspectos da tecnologia blockchain, incluindo velocidade, eficiência de custos e segurança, tornam uma ótima opção para integrá-la no setor de saúde.

A IBM Watson Health anunciou em janeiro que eles estão cooperando com a US Food and Drug Administration (FDA) para pesquisar aplicações de tecnologia blockchain para a troca de dados no setor. O gigante tecnológico estabeleceu uma data prevista para a conclusão do projeto, no início de 2019, com os resultados iniciais da pesquisa revelados este ano.

Leia Também: Governo Americano Investe na Blockchain para Proteger Empresas de Saúde de Hackers

Além dos problemas de segurança e privacidade, também há problemas relatados com a eficiência do compartilhamento de informações no setor de saúde. A IBM acredita que a tecnologia blockchain fornecerá soluções para ambos os problemas com transações rápidas e eficientes e excelente segurança.

“A colaboração também abordará novas formas de alavancar os grandes volumes de dados diversos nas atuais indústrias biomédicas e de saúde. Um ecossistema de compartilhamento de dados seguro e mediado pelo proprietário poderia potencialmente manter a promessa de novas descobertas e melhorar a saúde pública “, escreveu a IBM em seu comunicado de imprensa.

Em uma pesquisa, a IBM identificou que a tecnologia blockchain pode garantir a eficiência de custos e a responsabilização em transações sensíveis de dados de saúde. Os conceitos-chave são:

  • A criptografia de bit-string protege a integridade dos dados sem violar o HIPAA (Lei de Portabilidade e Responsabilidade do Seguro de Saúde), limitando continuamente o uso e análise em tempo real de dados de saúde.
  • A maioria dos nós da cadeia.
  • Contratos inteligentes autorizam e notarizam cada transação.

A IBM não é a única empresa que procura implementar a tecnologia revolucionária no setor de saúde. A Hashed Health, uma startup liderando um consórcio de saúde, arrecadou US $ 1,85 milhão em uma rodada inicial de angariação de fundos em fevereiro. A empresa pretende criar aplicativos baseados em blockchain no setor de saúde dos EUA.

Leia TambémAssim Como a Internet, A Blockchain Está se Espalhando

Em janeiro, os Emirados Árabes Unidos também se juntaram à revolução do blockchain. A UAE Telecom du, fornecedora de telecomunicações e banda larga, e a NMC Healthcare se associaram para implementar a tecnologia blockchain para o gerenciamento de informações de pacientes – Electronic Health Records (EHR) – no país. Além da segurança impecável, os pacientes terão acesso imediato aos seus registros no setor de saúde.

  • SilverCrow

    Faltou comentar sobre a Bowhead..

    • Victor Sá

      Legal, vou dar uma olhada.