Homem envia cartas-bomba a banco na Holanda e exige pagamento em Bitcoin

Homem envia cartas-bomba a banco na Holanda e pede pagamento em Bitcoin
Foto: Shutterstock

A polícia holandesa busca pelo autor de dois ataques com cartas-bombas que ocorreram na quarta-feira (12). Segundo as autoridades, a ação criminosa também está sendo investigada como tentativa de extorsão, já que o criminoso pediu bitcoin para não realizar novos ataques.

As cartas explodiram em um edifício do ABN AMRO Bank, na capital da Holanda, Amsterdã, e na sede de uma empresa de informática chamada Ricoh, que fica em Kerkrade, no sul do país. Segundo a agência de notícias holandesa ANP, ninguém ficou ferido.

Um funcionário do edifício notou um som estranho ao manusear uma carta pela manhã. Receoso, ele a jogou fora. Momentos depois ela explodiu, detalhou o The New York Times.

Menos de uma hora depois o mesmo aconteceu na empresa de Kerkrade.

De acordo com o jornal, a polícia comparou a explosão com a de fogos de artifícios. Os policiais disseram que a probabilidade de haver vítimas fatais era muito pequena.

Outro ponto é que a investigação deve determinar se esse caso tem relação com uma série de cartas-bombas enviadas no ano passado, visto que o conteúdo era parecido.

“É justo dizer que tudo isso está conectado porque a mesma exigência foi feita, mas ainda não sabemos quem as enviou”, disse o porta-voz da polícia de Amsterdã, Lex van Liebergen.

Van Liebergen não disse qual a quantidade de bitcoin foi exigida.

Extorsão com bitcoin na Holanda

Ainda de acordo com o jornal americano, esse tipo de investida como um meio de extorsão já havia acontecido com mais intensidade no ano de  2015.

Naquela época, uma rede supermercados recebeu várias cartas-bombas. Um homem de 58 anos foi então identificado como o autor depois que a polícia realizou exames de DNA.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!