Hard Fork da Ethereum é Concluído com Sucesso

Hoje, o quinto hard fork ocorreu na ethereum, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado.

Primeiramente introduzida no roteiro da ethereum em 2015 sob o nome de Metropolis, essa atualização encontrou alguns atrasos substanciais, levando-a a ser dividida em duas fases – Byzantium e Constantinopla (o último ainda não tem data de lançamento formal).

Como Byzantium era um fork planejado com mudanças minimamente contenciosas, houve muito desacordo entre a comunidade sobre os méritos das mudanças de código incluídas na atualização. No entanto, o fork ainda é notável porque é a primeira grande atualização da ethereum, uma vez que o interesse na tecnologia disparou neste ano, o que tem sido amplamente correlacionado com a popularidade dos tokens de ICOs lançados usando o padrão ERC-20 da Ethereum.

Ao longo dos últimos dias, o software ethereum habilitado para a Byzantium foi continuamente retraído devido a bugs críticos encontrados no código. Os desenvolvedores acertaram as correções a tempo – mas não sem considerar seriamente adiar o hard fork.

De acordo com o site Ether Nodes, os nodes que correm com software defeituoso são atualmente 65,3% Geth e 30,4% Parity, os dois principais clientes da ethereum. Conforme detalhado anteriormente pelo CoinDesk, o software defeituoso pode causar um problema de consenso, levando a divisão da rede, ou expor a plataforma a ataques de negação de serviço.

No entanto, até agora, não há nenhum sinal de um fork minoritário de acordo com os registros atuais, e os desenvolvedores estão comemorando a transição nas mídias sociais, com Vitalik postando no twitter:

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!