Tudo sobre Ripple: A Criptomoeda Focada em Bancos

O maior guia sobre Ripple da internet! Aprenda a comprar e investir na moeda. Clique e leia!

Ripple

Este é o segundo post da série, no primeiro falei sobre Raiblocks e agora sobre Ripple (se vocês tiverem alguma sugestão de moeda podem comentar abaixo).

Como feito no primeiro artigo, irei separar o conteúdo por tópicos para facilitar a leitura.

1.1 O que é Ripple?

1.2 Criadores

1.3 Distribuição da moeda

1.4 Como as transações são validadas?

2.0 Como funciona

3.0 Como comprar e utilizar

3.1 Rippex cadastro

3.2 Como criar a carteira

3.3 Rippex deposito

3.4 Exchanges e P2P

4.0 Conclusão

1.1 O que é Ripple

 

Ripple é um protocolo de pagamento distribuído criado em 2011. Pretende permitir pagamentos seguros e instantâneos de qualquer tamanho e quase gratuitos. Suporta tokens que podem representar moedas físicas, ouro, milhas ou qualquer outra coisa. Nativamente possui XRP, moeda oficial do sistema.

O sistema está sendo adotado por muitas instituições como bancos e semelhantes, e essas são justamente o seu foco. Ele pega a tecnologia da Blockchain e usa para substituir a forma arcaica que os bancos realizam transações. Pode reduzir os 3 dias de confirmação para apenas alguns segundos. Ripple da capacidade aos bancos de competirem com as criptomoedas atuais.

A moeda(XRP) atualmente se encontra na terceira posição das criptos de maior valor, estando atrás apenas do Bitcoin e Ethereum. Ripple contraria a ideologia das criptos, pois usa sua tecnologia para ajudar os bancos, instituições que as outras querem extinguir. Sua forma de distribuição também é bastante criticada, esse ponto será explicado mais à frente.

Santander, American Express são umas das grandes empresas e bancos que já vem adotando a tecnologia do protocolo Ripple. O XRP teve uma grande alta, chegando a segunda posição em marketcap, mas já e ocupa novamente a terceira. Alguns pagamentos entre Estados Unidos e Reino Unido já vem sendo realizados por meio do protocolo Ripple.

Ripple - Bancos participantes que aceitam a criptomoeda.

Veja também: O que é bitcoin?

1.2 Criadores

 

Jed McCalebRipple - Jed McCaleb, criador da criptomoeda

É um programador americano, conhecido pela criação de algumas tecnologias e plataformas como eDonkey2000, Overnet e mt.gox. A eDonkey e overnet foram obrigadas a fechar as portas devido seu serviço “ilegal” de download semelhante ao eMule. Mt.gox exchange com maior volume de BTC da historia faliu devido ao sumiço do dinheiro que ocorreu em 2014.

McCaleb não tinha muita sorte, mas ainda sim decidiu criar um novo projeto, procurando solucionar as falhas do bitcoin. Jed criou a OpenCoin baseada em uma tecnologia já criada por Ryan Fugger. Mais tarde se juntou a David Schwartz, hoje criptografo chefe e Arthur Britto, estrategista chefe. Chris Larsen foi chamado para ser o CEO da empresa, e permanece até hoje, diferente de McCaleb.

McCaleb saiu da empresa em 2013, após muitas controversas que aconteceram devido seu relacionamento com Joyce Kim. Depois de tentativas falhas de inserir Kim na empresa, financiar seus projetos e retirar Chris Larsen, McCaleb optou por demitir-se. Stellar é o novo projeto dele, rival direto da Ripple, talvez fale sobre a moeda em outro artigo.

Chris Larsen

Ripple - Chris Larsen, criador da criptomoeda.

É um executivo de negócios e investidor muito conhecido no Vale de Silício por financiar projetos de sucesso. Atualmente é quem possui maior parte da Ripple. É atual presidente executivo, ex CEO e Cofundador.

OpenCoin criadora da Ripple mudou seu nome em setembro de 2013 para Ripple Labs.

 

 

1.3 Distribuição da moeda.

 

Ripple - Criptomoeda. Entenda como funciona sua distribuição.

Existem 100,000,000,000 de XRP e praticamente todas elas estão/estavam nas mãos dos criadores. 20% foram distribuídas para seus criadores e os outros 80% ficaram com a Ripple Labs. Certa porcentagem de moedas acabou sendo doada a instituições de caridade.

Em março de 2015, 67% dos 80% das moedas da Ripple labs, ainda eram mantidas. Foi criado um contrato inteligente em 2017 que permitia apenas o uso de 1 bilhão de XRP mensalmente pela Ripple Labs. O que sobrasse voltaria para o “cofre”. Atualmente 38,739,144,847 XRP estão em circulação.

Uma curiosidade é que 0,000002 de XRP é destruído em cada transação, valor podendo variar. Isso impede que alguma entidade ataque a rede devido aos gastos que ocasionaria. O valor da moeda acaba também aumentando, pois fica mais escassa. Atualmente mais de 7 milhões de XRP foram destruídos.

1.4 Como as transações são validadas?

 

Primeiro precisa-se entender alguns conceitos e como a rede é estruturada, para entendermos como ela entra em consenso.

Servidor

O servidor aqui refere-se a qualquer entidade executando Software de servidor da Ripple. Difere do software comum, que só permite o envio e recebimento de fundos.

Ledger/Razão

Termo presente em praticamente todas as tecnologias baseadas em blockchain. É o registo do valor de fundos na conta de cada usuário. É repetidamente atualizado em questão de segundos, com as últimas transações que passaram pelo consenso.

Último Ledger fechado

É basicamente o Ledger descrito acima, a última versão validada pelo consenso, representando o atual estado da rede.

Ledger aberto

Cada nó possui um Ledger que representa seu estado atual, mostrando também transações ainda não inseridas no Ledger fechado. Transações que por algum motivo não foram validadas, voltam para o Ledger aberto e esperam a próxima rodada de consenso.

Lista de nós únicos (UNL)

Cada servidor possui sua própria lista de nós únicos (UNL). Único aqui significa nós que não são executados por um único indivíduo. Suponhamos que existam 200 nós/validadores, eles devem convergir entre localidade, regime político e categoria de negócios. Essa divergência garante que nós, não combinem entre si de fraudar a rede.

Esse “grupo” valida o mesmo conjunto de transações, e todos eles devem concordar, se a rede estiver perfeita. A diversidade ideologica é importante para manter clara que os nós se quer se conhecem, e que as validações são realmente autenticas e não manipuladas.

É realmente uma seleção e não uma escolha aleatória, os validadores deverão publicar as seguintes informações:

  • Chave de assinatura pública.
  • Informações de contato.
  • Região.
  • Afiliações.
  • URL do site.
  • Compromisso de tempo de atividade.

Outras organizações estarão encarregadas de verificar a autenticidade dessas informações.


Propostas/Transações

Qualquer servidor pode transmitir transações no processo de consenso. Apenas propostas consentidas pelos UNL serão aceitas no último Ledger fechado, e consequentemente aceitas por todos na rede.

Processo de consenso

Ripple - Processo de transações e consenso.

O algoritmo de consenso do protocolo Ripple (RPCA) é aplicado a cada poucos segundos por todos os nós. Isso garante a concordância da rede. Quando o consenso é alcançado, o Ledger é considerado “Fechado” e se torna o último Ledger fechado. Assumindo que o consenso foi bem-sucedido, o último livro fechado de todos os nós, será idêntico.

Cada servidor pega todas as transações validas que ainda não foram levadas ao consenso e as tornam públicas. Formando uma lista conhecida como Conjunto de candidatos. Cada servidor então passa todos os conjuntos de candidatos em seu UNL que votam sobre a veracidade das transações. 

O consenso é feito em rodadas, a transação é passada e validada em vários servidores diferentes. Transações que recebem mais do que uma mínima porcentagem de votos “sim”, são repassadas para a próxima rodada. Transações que não receberão votos suficientes, são descartados, ou incluídas no conjunto de candidatos para o próximo processo.

A última rodada do consenso exige um mínimo de 80% dos servidores/nós da UNL concordando. Os UNL’s da rede então comparam os resultados e se todos concordarem o Ledger fechado é atualizado.

Ripple - Última rodada do consenso.

Os UNL e validadores possuem uma espécie de reputação, informando a todos em quem podemos confiar. Existem muitos mecanismos no protocolo Ripple, que inutilizam validadores corruptos.

Isso “centraliza” a moeda, a própria Ripple disponibiliza seu UNL para os usuários usarem, garantindo que não haverá infratores. Os usuários também podem configurar o seu manualmente desde que sigam as regras. Apenas para ilustrar que realmente há muitos mecanismos que impedem fraudes citarei alguns abaixo

Segurança da rede

Existem outras inúmeras soluções para diferentes problemas. A Ripple Labs é como se fosse uma Mãe que estará sempre auxiliando o protocolo Ripple. Ela garante que não haja falhas de segurança, mesmo o projeto sendo open source. Esse e outros aspectos fazem dela uma moeda muito menos descentralizada que suas concorrentes. Abaixo alguns pontos simples apenas para ilustrar: 

  • Um servidor que emite muitas transações invalidas é ignorado pela rede ou tem suas taxas e poder computacional necessário aumentadas;
  • Um servidor ou UNL que está validando transações que outros servidores não concordam, perde sua reputação. O mesmo passa a ser ignorado pelos outros servidores;
  • Uma inundação com muitas transações falhas com intuito de entupir a rede faz as taxas subirem. Os atacantes teriam que gastar enormes quantidades de dinheiro, inviabilizando o ataque.

Veja também: Tudo sobre Bitcoin Gold

2.0 Como funciona

Acima falei sobre um dos pontos mais importantes de uma criptomoeda. Agora explicarei o sistema que fica à frente do processo de validação das transações. Ripple difere das outras moedas em seu propósito, ela é um protocolo de pagamento onde outras “moedas” se inserem. O XRP é quase que desnecessário no sistema.

Ripple se diz descentralizada, o que até é uma verdade, mas não da mesma forma que as outras moedas são. Ripple é um pagamento descentralizado para bancos e outras instituições financeiras. O que faz a descentralização são os gateways de pagamento (Bancos e afins) e não a troca direta entre usuários.

Os intermediários continuam existindo como nas moedas físicas, porem com opções mais fáceis e sem as desvantagens da lentidão. Ripple pega as vantagens da Blockchain e as entrega para que os bancos e outras instituições monetárias a usem.

Sistema Hawala

Você sabe o que é o Sistema Hawala? É um sistema bancário onde a transação de dinheiro é feita sem a movimentação física do mesmo. Proporcionando a aparência de remessa instantânea entre locais separados; por exemplo, enviando dinheiro entre diferentes cidades ou países.

Talvez pareça meio confuso e você esteja se perguntando como raios alguém faria a transferência de dinheiro sem movimentar ele. Uso dinheiro para exemplificar, mas poderia ser qualquer bem físico. Explicarei o funcionamento.

Alex deseja enviar dinheiro para Beth

  • Alex vai ao seu agente hawala local e dá-lhe dinheiro e uma senha, que ele e Beth conhecem.
  • O agente telefona ao agente local de Beth e diz-lhe para liberar fundos para quem fornecer a senha.
  • Beth entra em contato com seu agente, diz a senha e recebe dinheiro. Comissões podem ser tomadas de um ou de ambos os agentes.

Ripple - Sistema Hawala, ilustração de transação bancária sem necessidade de movimentação física.

Note-se que o dinheiro foi transmitido de Alex para Beth, mas as notas físicas não se moveram. Alex e Beth não precisaram esperar as notas chegarem de um a outro. Foi criada uma situação em que o agente de Alex deve o dinheiro do agente de Beth.

Eles podem liquidar a dívida mais tarde, ou esperar que hajam transações reversas se outros clientes desejarem mover dinheiro na direção oposta. Basta que criem um livro com todas as operações guardadas de forma organizada. Os dois agentes precisam possuir a mercadoria a ser negociada. Ripple funciona basicamente da mesma forma, mas ao invés dos telefonemas ou mensagens o sistema faz tudo na internet.

Conversão de bens

Coisas diferentes também podem ser negociadas, como por exemplo, a troca de ouro por quilos de arroz. Bastaria apenas um agente que faça essa troca. Caso exista alguma dificuldade de achar um agente direto especifico, a transação poderá passar por outros.

Ripple - Hawala 2

Vemos então que praticamente tudo pode ser negociado pela rede Ripple, as vendas são feitas com tokens. Os tokens não passam por conversões para XRP nem nada semelhante, a troca é direta com o token criado.

Gateways de pagamento

Os Gateways funcionam como um intermediário entre os “bancos” dos usuários e a rede Ripple. São a representação dos agentes que existem no sistema hawala citado acima. Nesses gateways que as leis de segurança entram. Os usuários do Ripple devem apresentar documentos e comprovantes de endereços para serem aprovados por um gateway.

Feito isso o usuário pode inserir seus fundos na rede Ripple e começar a negociar. O gateway será necessário novamente quando o usuário quiser retirar os fundos no seu banco.

Os Gateways mantem o registro das transações no Ledger fechado. Tudo pode ser operado com transparência, sem fraudes e com rapidez.

Existem diferentes tipos de Gateways e diversas regras a serem cumpridas para fazerem parte da rede. Quem estiver interessado em obter mais informações acesse o link abaixo.

Tornando-se um Gateway

Função da moeda (XRP)

XRP é a moeda de último recurso, tudo pode ser convertido em XRP. Se você não encontrou uma cadeia de confiança entre dois gateways para negociar algum bem especifico, você pode usar XRP. Todos os gateways têm um preço em XRP de qualquer coisa que eles negociam. Funciona como dinheiro físico, se você não possui o ativo direto para troca você usa a moeda no valor equivalente.

As negociações entre XRP não necessitam de gateways pois são suportadas naturalmente pelo protocolo. O XRP acaba servindo como uma forma de lubrificar a rede pois pode facilitar trocar complicadas. Atua também como agente de segurança, já que é necessária uma quantidade mínima de 30 XRP em cada conta. Isso impede ataques com milhares de contas devido ao valor alto que custaria.

Consequentemente devido a tudo isso o valor do XRP tende a subir e descer como todas as outras moedas. O que a torna um bom investimento para quem está interessado em lucrar com o mercado de criptomoedas.

Veja também: O futuro das novas criptomoedas

3.0 Como comprar e utilizar? 

3.1 Como comprar

Ripplex

Se visitaram esse tutorial próximo a sua data de criação, devem ter encontrado a opção de compra utilizando BRL pelo serviço Ripplex. Infelizmente esse serviço está em processo de encerramento, o serviço ainda permite saques de quem já está cadastrado. Os saques se tornarão indisponíveis na data de 01/04/2018 assim encerrando completamente o serviço. Aqui há um comunicado oficial com o cronograma de encerramento, vale ressaltar que não houve nenhum ataque Hacker nem nada semelhante. 

Para os que chegaram após o ocorrido, RIpplex era um serviço que vendia o Token BRL (Real Brasileiro) dentro de plataforma Ripple. Como viram no guia acima, Ripple consegue “virtualizar” ativos da vida real.

Binance

Aqui no portal do Bitcoin temos um guia ensinando como comprar criptomoedas na Binance  utilizando Bitcoin ou outra moeda. Felizmente Ripple está disponível lá e poderão comprar facilmente, podem acessar o tutorial clicando aqui.

P2P

Procure sempre vendedores com boa reputação, deixarei o link do grupo do Facebook da moeda. Pesquise o nome do vendedor no grupo e verifique se outras pessoas já compraram e se tudo ocorreu bem.

Facebook

 

3.2 Como armazenar

A Carteira pode ser baixada aqui

Após escolher seu sistema operacional é só fazer a instalação, bastando clicar para prosseguir os passos no programa.

Carteira Digital Ripple Desktop

Os prints são do Ubuntu/linux mas a carteira é praticamente igual à do Windows. Com a carteira aberta, desça a página e aceite os termos no final. 

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Termos de Uso

Após isso clique na opção ” Create new account “.

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

E depois em ” Create an empty account “. Ou pode utilizar a terceira opção para recuperar uma carteira com a Seed/Secret key.

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

Selecione no seu computador o local que você gostaria de salvar o arquivo que representará sua carteira.

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

Escolha sua senha.

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

Aqui você pode ver seus endereços. Ripple adress é o endereço público que você receberá seus fundos. Esse endereço é para qual você deve enviar seus XRP’s comprados na Binance. Security Key é sua Seed, com ela você poderá recuperar sua carteira caso a perca. Guarde sua Security Key em um local seguro. 

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

A Carteira já está quase funcionando, faltam só duas etapas, a primeira é coloca-la online e a segunda é adicionar 20 XRP a mesma. Essa quantidade não poderá ser mexida. É necessário que esses 20 XRP fiquem , como já expliquei nos tópicos acima falando da tecnologia da Ripple. Vamos torna-la online agora. Clique nas engrenagens e depois em settings.  

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

Clique na terceira aba a esquerda ” Network settings ” e marque a caixa ” Uncheck if you want this software application to be offline “. Pronto sua carteira está pronta para receber XRP.

Ripple. Aprenda a utilizar a Rippex. Cadastro de nova conta.

Agora você precisa dos 20XRP para ter tudo funcionando corretamente, envie para o endereço falado mais acima, basta enviar da Binance ou do serviço que você utilizou para fazer a compra.

Para enviar da sua carteira Ripple para outro canto, basta escolher o que você quer enviar, selecionar o destino e a quantidade, no print abaixo estou enviando BRL, é só alterar para o desejado.

Rippex - Saque de Investimento

4.0 Conclusão

Darei aqui uma opinião pessoal minha. Ripple ajuda a manter o sistema que justamente o Bitcoin e todas as outras criptomoedas estão tentando derrubar, os bancos. Ripple se alia a eles e os fortalece, algo que vai contra toda ideologia proposta até agora, talvez poucas das pessoas que compram visando lucro sabem disso. A ideia e beleza do sistema são sensacionais, mas a causa não é nobre.

Se você simpatiza com as ideias por trás do bitcoin e de outros Criptoativos, então você definitivamente não deveria apoiar o projeto Ripple. Não trate as criptomoedas meramente como uma forma de lucrar, o benefício da tecnologia é o foco, o lucro é um bônus.