Fundo Hedge de US$ 100 Bilhões Planeja Adicionar Bitcoin aos seus Investimentos

O histórico fundo hedge britânico, Man Group, diz que provavelmente irá adicionar bitcoin ao seu “universo de investimento”, uma vez que o CME Group lançar contratos de futuros de bitcoin no próximo mês.

O Man Group, com sede em Londres, que foi fundado em 1783, é um dos maiores fundos de hedge do mundo e possui cerca de US$ 100 bilhões em fundos sob gestão.

Respondendo à notícia de que o mercado de derivativos baseado em Chicago, o CME pretende lançar futuros de bitcoin durante a segunda semana de dezembro, o CEO do Man Group, Luke Ellis, disse à Reuters que a empresa pretende adicionar bitcoin ao seu “universo de investimentos”, uma vez que os contratos de futuros forem listados para negociação.

“As moedas conceitualmente digitais são uma coisa interessante”, disse ele. “Não é parte do nosso universo de investimentos hoje – pode ser. Se houver futuros de bitcoin no CME, seria”.

Ellis observou que, como as moedas digitais não têm apoio dos governos centrais, eles enfrentam obstáculos significativos para alcançar a adoção popular. No entanto, ao contrário do CEO do JPMorgan, Jamie Dimon e outros céticos do bitcoin, ele acredita que as criptografia ainda têm potencial como produtos de investimento.

“Há uma grande diferença entre uma moeda digital e uma moeda tradicional … As tradicionais são apoiados por governos que têm exércitos e homens que cobram impostos que podem fazer as pessoas seguir suas regras e as digitais não”, continuou ele. “Mas isso não invalida as moedas digitais”.

Ellis não declarou categoricamente se a empresa negociará os futuros de bitcoin da CME ou explorará o envolvimento direto com os mercados de criptomoedas – como a empresa de banco de investimento Goldman Sachs teria considerado fazer. De qualquer forma, o anúncio é uma confirmação adicional de que os principais investidores institucionais estão observando uma entrada no ecossistema bitcoin após a implantação de produtos comerciais profissionais.

Como os futuros de bitcoin do CME negociarão em um ambiente regulado, a exchange terá “pára-choques” para evitar que o mercado oscile muito em uma direção durante um único dia de negociação. O operador também pode pausar a negociação em períodos de extrema volatilidade. Leo Melamed, presidente emérito da CME, declarou recentemente que ele acredita que esse quadro permitirá que eles transformem o bitcoin em um instrumento financeiro convencional.

Conseqüentemente, os analistas esperam que o lançamento do mercado de bitcoin pelo CME – juntamente com os derivativos já oferecidos pela LedgerX – atrairá grande quantidade de capital das empresas de Wall Street, reduzindo a volatilidade do bitcoin e permitindo amadurecer como uma classe de ativos.

Leia Também:O Fim do “Dinheiro Fácil” Pode Derrubar o Preço do Bitcoin, Diz Professor de Economia

 

BitcoinTrade

Compre e venda Bitcoin na primeira e única corretora de Bitcoin do Brasil com certificação PCI DSS nível 2, que atende aos requisitos máximos de segurança nas transações. Acesse: https://www.bitcointrade.com.br/

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!