Fork do Bitcoin Cash: BitcoinTrade e Mercado Bitcoin se posicionam

(Foto: Shutterstock)

Com o hard fork do Bitcoin Cash (BCH) programado para acontecer nesta quinta (15), as exchanges brasileiras Mercado Bitcoin e BitcoinTrade se posicionaram sobre como irão trabalhar.

Mercado Bitcoin

A Mercado Bitcoin afirmou, via e-mail, que irão dar suporte ao Bitcoin Cash proposto no roadmap disponível no site bitcoincash.org.

Diferente do hard fork do ano passado, onde o Bitcoin Cash foi originado, e a Mercado Bitcoin disponibilizou a nova criptomoeda aos usuários, a exchange não dará suporte ao possível novo Bitcoin Cash. Isso significa que não haverá negociação e o saldo não será disponibilizado.

A empresa também alertou aos usuários que pretende realizar uma manutenção na quinta-feira (15) e “pausar envios e recebimentos de Bitcoin Cash com até 3 horas de antecedência ao hard fork.” A pausa será mantida até que se verifique a segurança, normalização e estabilidade da rede.

As negociações dentro da plataforma continuarão normal antes e depois do hard fork.

O retorno de envios e recebimentos de Bitcoin Cash (BCH) na plataforma será normalizado após confirmação de que é seguro realizar transações na rede. No entanto, não há previsão de data e horário para essa normalização.

BitcoinTrade

Seguindo o caminho oposto, a BitcoinTrade informou via e-mail, que pretende, em um segundo momento, disponibilizar o possível saldo gerado pelo futuro hard fork. A exchange, porém, não irá negociar quaisquer moedas geradas na bifurcação.

Ainda via e-mail, a corretora disse que suspendeu temporariamente os saques e depósitos do Bitcoin Cash desde as 00:01 de hoje, dia 14 de novembro.

Hard fork do Bitcoin Cash

O Bitcoin Cash (BCH), criptomoeda que nasceu da rede do Bitcoin em agosto do ano passado no culminar do debate sobre sua escalabilidade, prevê dois hard forks (leia-se: upgrades) por ano. O de amanhã, 15 de Novembro, no entanto, acontecerá um que dividiu a comunidade e poderá dividir também a rede.

No centro da divisão está, novamente, a escalabilidade. A equipe de desenvolvedores do Bitcoin ABC, que criou o BCH o ano passado, defende a implementação de tecnologias que visam melhorar o desempenho do blockchain, enquanto os do Bitcoin SV pretendem, entre outros, aumentar o tamanho dos seus blocos de 32 MB para 128 MB. As versões não são compatíveis uma com a outra.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!