Fintech Creditas recebe autorização do Bacen para operar como banco

Fintech Creditas recebe autorização do Bacen para operar como banco
(Foto: Shutterstock)

A Creditas Sociedade de Crédito Direto S.A., fintech brasileira com sede em São Paulo, recebeu autorização do Banco Central do Brasil (Bacen) para dar início a suas operações financeiras como um banco. A licença foi publicada no Diário Oficial da União na última quinta-feira (24).

De acordo com a publicação, o processo da Creditas, cuja atividade é emprestar dinheiro por garantia, foi aprovado em 23/01/2019 pelo Departamento de Organização do Sistema Financeiro (DEORF) do Bacen.

(Fonte: Imprensa Nacional)
(Fonte: Imprensa Nacional)

Antes, a empresa atuava como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos.

Segundo a assessoria de imprensa da empresa, com a formalização o Creditas vai funcionar de forma híbrida e não mais dependerá de outras instituições, reportou o Suno nesta segunda-feira (28).

No entanto, a empresa deve continuar suas atividades normais, bem como manter seus parceiros enquanto se prepara para debutar no setor bancário, revela a reportagem.

Novas regras do Bacen abriu as portas

O que facilitou para que a Creditas agora se tornasse um banco foram novas regras para fintechs, elaboradas pelo Banco Central e publicadas em abril de 2018. As normas, então, regulou a atuação de fintechs de crédito no País.

Com das mudanças, surgiram duas novas modalidades no setor financeiro, a Sociedade de Crédito Direto (SCD) e a Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP).

A Creditas não perdeu tempo e foi a primeira fintech a entrar com a solicitação para operar SCD.

Esta modalidade tem por objeto a realização de operações de empréstimo e outros serviços exclusivamente por meio de plataforma eletrônica e com utilização de recursos financeiros que tenham como única origem capital próprio.

A fintech, contudo, mesmo na modalidade de SCD não poderia captar recursos do público — exceto mediante emissão de ações — e nem participar do capital de instituições financeiras.

O clima é de alegria

Fábio Zveibil, vice-presidente de marketing e desenvolvimento de negócios da empresa, mostrou-se bastante animado.

“A licença faz todo o sentido pra gente. Ela nos permite maior agilidade nos processos internos, o que vai se traduzir imediatamente aos clientes”.

No Twitter, a empresa também comemorou.

“Nós recebemos uma autorização para o trabalho SCD! Ou seja, teremos ainda mais agilidade nos processos internos e flexíveis para os nossos clientes! É um momento histórico para todos”.

https://twitter.com/CreditasBR/status/1089858160884617216

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil. Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!