Facebook volta a liberar propagandas de blockchain e notícias de criptomoedas

Facebook volta a liberar propagandas de blockchain e notícias de criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

A propaganda relacionada à tecnologia e notícias relacionadas a blockchain, assim como eventos e material educacional sobre criptomoedas agora poderão ser vistos no Facebook sem aprovação prévia. A gigante das mídias sociais anunciou a mudança no Facebook Business em 8 de maio.

O fato mostra uma mudança com relação ao ano passado, quando o Facebook implementou uma política que requeria que promotores de criptos e blockchain tivessem aprovação prévia antes de rodar suas campanhas.

O comunicado diz que especificamente esta mudança não será aplicada à propaganda que busca promover uma criptomoeda em particular, e campanhas de oferta de moeda inicial (ICOs) permanecem proibidas.

O propósito de tais restrições seria prevenir que usuários do Facebook caíssem em propaganda maliciosa. Anunciantes que buscam promover um produto em particular ou uma criptomoeda específica, uma exchange, ou software e hardware de mineração terão de passar por triagem rigorosa que inclua o seguinte:

“As licenças que já obtiveram, sejam elas negociadas em uma bolsa de valores pública (ou uma subsidiária de uma empresa pública) e outras informações relevantes sobre seus negócios.”

Facebook e criptomoedas

Como já noticiado pelo Cointelegraph, a decisão do Facebook de proibir campanhas de criptomoedas e ICO em janeiro de 2018 foi criticada como desnecessária e ruim para o desenvolvimento tecnológico. Dejun Qian, fundador da FUSION, comentou à época:

“Esta política irá definitivamente proteger as pessoas contra os golpes de projetos predatórios. Porém, anunciar uma política ‘intencionalmente ampla’ é sempre o caminho mais fácil e não necessariamente a melhor rota para o desenvolvimento tecnológico. Não acredito que proibir anúncios de comércio eletrônico apenas porque as pessoas enfrentam o risco de comprar produtos falsificados é uma boa ideia.”

No começo da semana, o Facebook teria adquirido direitos sobre a marca “Libra” para seu projeto de criptomoeda secreto. A empresa estaria buscando investimentos de US$ 1 bilhão para um token nativo que poderia ser utilizado no Facebook, Instagram e WhatsApp.

*Conteúdo disponibilizado por parceria entre Portal do Bitcoin e Cointelegraph


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!