Facebook lança sistema de pagamento para ser usado no Messenger, Instagram e WhatsApp

O Facebook lançou nesta terça-feira (12) um sistema de pagamento que vai funcionar nos principais negócios da empresa como na própria rede social e no Messenger, Instagram e WhatsApp.

Conforme o comunicado da empresa, o Facebook Pay promete facilitar as transações nas diferentes redes sociais da empresa. Dentre as facilidades citadas estão:

  • Escolher a forma de pagamento desejada via Facebook Pay e fazer compras sem precisar fornecer as informações a cada nova compra;
  • Configurar o Facebook Pay aplicativo por aplicativo ou optar por configurá-lo para uso em aplicativos (quando disponível);
  • Ver o histórico de pagamentos, gerenciar métodos e atualizar configurações em um só lugar;
  • Obter suporte ao cliente em tempo real via bate-papo ao vivo nos EUA (e em mais lugares do mundo no futuro)

Lançamento nos EUA

De acordo com a empresa, o produto será lançado no Facebook e Messenger nesta semana nos EUA e poderá ser usado para arrecadação de fundos, compras no jogo, ingressos para eventos, pagamentos de pessoa para pessoa no Messenger e compras de páginas e empresas selecionadas no Facebook Marketplace.

O objetivo da empresa é estender o serviço para o Instagram e WhatsApp.

Segundo a empresa, o Facebook Pay vai para armazenar e criptografar os números de cartão e conta bancária dos clientes, além de realizar monitoramento antifraude dos sistemas para detectar atividades não autorizadas e fornecer notificações para atividades da conta.

Para maior segurança, será possível adicionar um PIN ou usar biometria do dispositivo, como reconhecimento facial ou digital. O Facebook diz que não irá receber nem armazenar informações biométricas.

E a criptomoeda do Facebook?

Sofrendo duras críticas e resistência de governos ao redor do mundo, a Libra, criptomoeda anunciada pelo Facebook em junho deste ano, parece estar mais distante do lançamento.

Apesar de ter sido anunciada para 2020, Zuckerberg disse não pretender lançar o projeto enquanto não tiver aprovação dos EUA.

A Libra Association foi criada como uma organização sem fins lucrativos e sua sede será na Suíça. A empresa diz que a associação ficará encarregada de liderar o desenvolvimento contínuo da criptomoeda, sem depender do Facebook.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!