Exchange de bitcoin Bitstamp é vendida para empresa de investimentos sul-coreana

(Foto: Marco Verch/Flickr)

Uma das exchanges de criptomoedas mais antigas em negociação de bitcoin, a Bitstamp, acaba de ser adquirida pela empresa de investimentos NXMH, segundo comunicado no site da corretora nesta segunda-feira (19).

A NXMH, subsidiária da sul-coreana NXC, é uma empresa de private equity e investimentos com sede em Bruxelas, na Bélgica, e também é dona da exchange sul-coreana Korbit.

O grupo NXC, conhecido por possuir a gigante dos videogames Nexon, já havia adquirido a Korbit por US$ 80 milhões no ano passado, segundo o The Next Web.

Não foi divulgado o valor da transação, mas, segundo um tweet de Nathaniel Popper que escreve sobre cripto para jornal The New York Times, o preço de compra estaria em torno de US$ 400 milhões.

A Bistamp também se pronunciou no Twitter:

“A Bitstamp foi adquirida pela empresa de investimentos NXMH, sediada na Bélgica. Nossa equipe, liderança e visão permanecem as mesmas. Acreditamos que este é o próximo passo lógico em nossa missão de ser a exchange de criptomoedas mais confiável do mercado”.

De acordo com o comunicado, a empresa diz que estava sendo regularmente procurada por interessados em adquiri-la já a algum tempo.

Cita, também, que a razão pela qual ela decidiu realizar a venda é uma combinação da qualidade da NXMH com o momento atual do mercado e que essa consolidação faz sentido.

A Bitstamp foi fundada por Nejc Kodrič, de 29 anos, com apenas mil euros em 2011, publicou a Fortune. Desde então, levantou um total de cerca de US$ 14 milhões de investidores, incluindo a Pantera Capital.

Kodrič, que assinou a nota, deve permanecer como CEO da Bitstamp. De acordo com o Fortune, ele acredita que não haverá mudanças para os clientes da empresa ou seus 180 funcionários após a aquisição.

Ele acrescentou que a exchange foi lucrativa desde o seu primeiro dia de funcionamento.

“Nós temos a mesma opinião que a NXMH – por que mudar alguma coisa se funciona perfeitamente bem?”, disse o CEO.

Sobre uma possível fusão das duas exchanges, já que agora pertencem ao mesmo grupo, o diretor executivo, a princípio, descarta a possibilidade.

“Nós conversamos sobre isso, mas decidimos manter as empresas funcionando separadamente”, assegurou o CEO.

Kodrič disse que a NXMH foi um dos quatro interessados ​​no Bitstamp em um processo que começou em meados de 2017. Ele relatou que o acordo foi fechado em dezembro com o preço do Bitcoin chegando perto de US$ 20 mil.

A demora, disse ele, aconteceu por conta do tempo que levou a aprovação regulatória para ambas empresas.

“Não estávamos procurando vender. Definitivamente, não estávamos à procura de investimento porque não precisávamos levantar capital”, lembra Kodrič.

No entanto, o diretor executivo que já percorreu um longo caminho desde que começou a Bitstamp em uma garagem com dois laptops e 1000 euros há sete anos, sacou praticamente toda a sua participação na empresa, que era de 10% das ações, relatou a Fortune.

Volume Bitstamp

Nesta manhã de segunda-feira, a Bitstamp está classificada como a 29ª maior exchange de criptomoedas, segundo o CoinMarketCap, com cerca de US$ 53 milhões em negociações nas últimas 24 horas.

Os quatro pares mais negociados no momento são BTC/USD, com volume de aproximadamente US$ 26 milhões, XRP/USD (US$ 8,6 milhões), BTC/EURO (US$ 7,2 milhões) e ETH/USD, com US$ 3,2 milhões em negociações recentes.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br
Siga também o nosso Instagram com análises diárias.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!