Ethereum sobe 60% desde sua mínima anual; Bitcoin opera em alta e criptomoedas acompanham

Semana foi de alta para as principais criptomoedas do mercado (Foto: Shutterstock)

Desde o dia 16 de dezembro, quando atingiu US$ 83, sua menor cotação no ano, o ETH já valorizou mais de 60% e chegou próximo aos US$ 140.

O Ethereum foi uma das criptomoedas que mais desvalorizou em 2018, perdendo a segunda posição em valor de mercado para o XRP, da Ripple, e agora voltou a se aproximar. Se continuar em ascensão, pode recuperar o lugar perdido.

Embora o preço do Ethereum tenha aumentado 66% em um curto período de tempo, ele ainda está em queda de 91% em relação ao seu topo histórico de US$ 1.448.

Bitcoin e criptomoedas em alta na semana

A semana foi de alta para os principais criptoativos. O principal destaque foi o Bitcoin Cash (BCH), que se recuperou da forte queda após o hard fork e valorizou 140% em apenas uma semana.

O Bitcoin, com 22% de alta foi uma das que menos subiu nos últimos dias. O motivo também pode ter sido que, durante a queda foi a que menos sofreu.

Ethereum, EOS, Tron, IOTA, Dash e Waves tiveram valorização superior a 40%.

O valor de mercado somado das criptomoedas subiu 30% desde a mínima anual e agora está em US$ 133 bilhões.

O Bitcoin continua dominando o mercado, com um marketshare superior a 50%, seguido por XRP e ETH com 11,3% e 9,1% respectivamente.

Cotação das principais criptomoedas do mercado
Cotação das principais criptomoedas do mercado

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br