Escola do Carnaval do Rio terá samba-enredo sobre o dinheiro e fantasia de bitcoin

Escola do Carnaval do Rio terá samba-enredo sobre o dinheiro e fantasia de bitcoin
(Foto: Divulgação)

A escola de samba da cidade do Rio de Janeiro Imperatriz Leopoldinense está apostando no tema ‘dinheiro’, incluindo o Bitcoin, para surpreender no Sambódromo da Marquês de Sapucaí e levar o campeonato do Carnaval deste ano.

Segundo informações no site da agremiação, o samba-enredo “Me dá um dinheiro aí”, que vai falar relação do ser humano com o dinheiro desde a sua invenção até a época atual.

Com uma crítica bem-humorada à desigualdade social, a Escola aposta em uma vitória que não vem desde 2001.

A narrativa passa por vários períodos da humanidade: antigo, moderno, contemporâneo — até mesmo lendas como Robin Hood, mitologias e o personagem dos quadrinhos Tio Patinhas englobam o tema carnavalesco.

A Imperatriz vai mostrar tanto poética com alegoricamente as facetas do pobre e do rico em várias comunidades, inclusive a dos índios, cuja troca de valores era por escambo.

As diferenças das classes sociais no que tange a políticas econômicas e sociais serão evidenciadas quando enormes carros alegóricos passarem mostrando cenários opostos — festa da alta sociedade carioca e baile funk na laje de uma favela.

Escola fala do Bitcoin

No site da Imperatriz há várias imagens de membros da Escola fantasiados. A que se refere ao Bitcoin, a frase é a seguinte:

“Todo valor materializado em nossas moedas, cédulas, cheques e cartões perderá o sentido para o dinheiro virtual? Vamos acostumar a não pegá-los? Vamos entender que o dinheiro é apenas uma ideia? O que a moeda virtual fará com a nossa sociedade de consumo? Ela será capaz de transformar nossa relação com conceitos de valor? O futuro nos dirá.”

Crise financeira afetou o Carnaval

Segundo o carnavalesco Mário Monteiro, do Departamento de Carnaval da Imperatriz, é ironia falar do dinheiro agora, com toda esta crise financeira que também afetou o Carnaval.

“Está sendo um trabalho desafiador, a relação do ser humano com o dinheiro é um enredo inédito no Rio. Estamos reaproveitando e otimizando todo o material que podemos para economizar”, disse ele ao IG em meados de janeiro deste ano.

Campeã, bicampeã e tricampeã

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, ou simplesmente Imperatriz Leopoldinense, foi fundado em 6 de março de 1959 e desfilou pela primeira vez em 1960.

No entanto, a agremiação só começou a ser notada 12 anos mais tarde, quando foi tema de uma novela da Rede Globo.

A Escola de Samba foi campeã pela primeira vez em 1980 e repetiu o feito no ano seguinte, conquistando seu primeiro bicampeonato.

O outro título só veio oito anos mais tarde, em 1989. Conseguiu, então, novamente um bicampeonato nos anos 1994 e 1995 e, quatro anos mais tarde o tri, quando bateu todas as escolas de samba do Rio por três anos consecutivos, 1999, 2000 e 2001.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br