Equivalente ao WhatsApp do Japão Lançará Exchange de Criptomoedas

(Foto: Divulgação)

A Line, um aplicativo semelhante ao WhatsApp no Japão e em Taiwan, anunciou planos para abrir uma exchange de criptomoedas este mês, a BitBox, de acordo com o TechCrunch.

Com 200 milhões de usuários no mundo, a marca está prestes a entrar no mundo das criptomoedas para ter um diferencial diante de competidores como WhatsApp, do Facebook, que tem mais de 1,5 bilhões de usuários.

A exchange deve operar bitcoin, bitcoin cash, ether and litecoin. Um novo espaço dentro do aplicativo será destinado para a negociação de moedas digitais e para outros serviços, como obtenção de empréstimos e seguros.

Segundo a reportagem, antes de sua Ofera Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês) de US$ 1,1 bilhão em 2016, a Line tinha como alvo um público global. Além do foco no serviço de mensagens, que foi pioneiro no conceito de adesivos, a marca apostou em um negócio de jogos conectados.

“Sua expansão internacional não foi conforme o planejado”, diz o texto. A empresa então redirecionou os esforços para seus quatro principais mercados do Japão, Tailândia, Taiwan e Indonésia.

Nesses locais, oferece serviços como streaming de vídeo, desenhos animados de mangá e compras. Com as novas funções, pode ampliar o alcance para outros países.

Dentre os programas de mensagem, o Telegram, fundado pelo russo Pavel Durov e muito popular na comunidade de criptografia, planejava lançar uma ICO para arrecadar US $ 1,2 bilhão e financiar o Telegram Open Network (TON), que deve ser um ecosssistema semelhante ao Ethereum. Antes disso, no entanto, a empresa conseguiu US$ 1,7 bilhão em uma oferta inicial exclusiva para investidores institucionais e indivíduos de alta renda.

O Viber, aplicativo da japonesa Rakuten, também demonstra interesse em moedas digitais. De acordo com a agência de notícias russa Tass, Djamael Agaoua, CEO da empresa, afirmou a jornalistas que eles estudam as leis da Rússia para lançar sua criptomoeda no país em 2019, a Rakuten Coin.

A ideia é que ela possa servir para comércio na plataforma e, também, para a troca por rublos, dólares ou euros. De acordo com estimativas recentes, o Viber tem quase 1 bilhão de usuários registrados no mundo.

O WhatsApp, líder entre os aplicativos de mensagens instantâneas, não demonstrou intenção pública de operar criptomoedas (até porque o Facebook tem uma postura restritiva em relação a anúncios de criptomoedas em sua plataforma).

No entanto, O Facebook aposta em blockchain, com um time focado em pesquisa para o desenvolvimento de aplicações com a tecnologia na plataforma.

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!