Dólar opera em queda e bolsa brasileira bate novo recorde

Reforma da previdência deixa investidores otimistas (Foto: Shutterstock)

O dólar continua operando em queda e já é negociado abaixo dos R$ 3,70. O Ibovespa, principal índice do mercado de ações brasileiro, opera em alta nesta quarta-feira (09) e já está acima dos 93.000 pontos após fechar em recorde histórico na terça (08).

O otimismo do mercado em relação a um possível acordo comercial entre Estados Unidos e China está impulsionando o real frente ao dólar. Reforma da previdência mais robusta também anima mercado.

De acordo com a Reuters, um jornal estatal chinês afirmou acreditar que EUA e China divulgarão um comunicado sobre o acordo na quinta-feira.

Segundo pesquisa da Reuters, a expectativa é que o dólar fique em torno de R$ 3,76 até o fim de 2019, de acordo com a mediana das estimativas de 26 analistas.

Dólar e reformas

As projeções para o câmbio em um, três e seis meses na pesquisa ficaram próximas desse nível. O alerta, no entanto, fica para possíveis instabilidades do novo governo em busca das aguardadas aprovações das reformas econômicas pretendidas.

Sobre a questão da reforma da previdência, Paulo Guedes, atual ministro da economia do governo Bolsonaro, disse que a reforma não será fatiada, e que o governo estuda proposta com regra de transição “da mesma profundidade” da que existia antes, que considerava um tempo de 20 anos para a travessia.

Nesta manhã, o chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni acrescentou que o presidente Jair Bolsonaro decidirá na próxima semana sobre a proposta que será apresentada da reforma da previdência e enfatizou que a intenção é apresentar um pacote único ao Congresso, ao invés de uma reforma fatiada.

Como deverá ser a reforma da previdência

A reforma mudará as regras dos atuais beneficiários mas o foco será nas futuras gerações.

O regime atual é o de repartição, pelo qual o trabalhador ativo paga os benefícios de quem está aposentado.

A proposta de Guedes para a nova geração é a de capitalização, um tipo de poupança onde o próprio trabalhador faz para garantir a sua aposentadoria no futuro.

“Eu acho que um sistema de capitalização, como estamos desenhando, é algo bastante mais robusto, é mais difícil, o custo de transição é alto. Mas estamos trabalhando para as futuras gerações”, afirmou o ministro à Globo.

De acordo com Guedes, a previsão do governo é que as contas da Previdência registrem saldo negativo superior a R$ 300 bilhões neste ano.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br