Distribuição de Poder e Criptomoedas: Ecossistema Organizacional

(Foto: Pixabay)

Nesta terceira e última parte sobre diferentes propósitos de criptomoeda e o papel que a educação desempenha na regulação, pretendo discutir por que a concentração de poder entre detentores de criptomoedas ditará como o Bitcoin é adotado. Minha expectativa é de que tudo o que escrevo faça você pensar em como o poder poderia ser melhor distribuído.

Espero ter guardado o melhor para o final!

*Este artigo expressa apenas a minha opinião pessoal. Não serve, em qualquer circusntância, de aconselhamento financeiro. Cada um é sempre responsável pelo seu dinheiro e pelos seus investimentos.

Como ponto de partida, acho importante rever que as estruturas de poder vêm principalmente de como as organizações são formadas. Em primeiro lugar, precisamos entender que há duas dimensões dentro da organização: infraestrutura e governança. Infraestrutura representa como os dados são distribuídos enquanto a governança representa como as decisões são tomadas.

Organizações centralizadas provavelmente ainda representam 99,9% de todas as existentes, admito, mas a mudança não aconteceu mais cedo porque os incentivos não estavam lá.

Quero dizer, eles estavam lá, mas altamente limitados. Um exemplo claro de como apenas os incentivos corretos têm o poder de superar as estruturas centralizadas é a Wikipedia. Em seus primórdios, ninguém pensaria que a Wikipedia poderia se tornar uma das fontes de informação mais confiáveis (se não a mais) do globo. A mudança aconteceu quando as pessoas perceberam que qualquer um poderia realmente contribuir para a rede.

O caminho para a distribuição

Se as informações fornecidas pelos autores fossem exatas após serem avaliadas por colegas, elas seriam vistas como fontes confiáveis ​​entre sua comunidade. Como o mercado reagiu?

O principal concorrente da Wiki, a Britannica, tornou-se menos confiável porque não conseguia competir com o poder de uma rede, que cresce no ritmo da raiz quadrada de seus usuários. À medida que mais e mais gigantes da tecnologia entram em um modelo distribuído centralizado, onde os dados são distribuídos em muitos servidores e regiões de forma redundante, os problemas de propriedade de dados começam a surgir.

O escândalo Cambridge Analytica foi apenas o primeiro de muitos que virão no futuro. A chave aqui é entender que a distribuição sem descentralização é inútil para o benefício do usuário final. Esse assunto é bastante complexo e eu recomendo que você faça sua própria pesquisa.

No entanto, para o objetivo deste artigo, vou me concentrar nas Crowd Organizations, pois para que a descentralização aconteça de maneira eficaz, é necessário um alto grau de distribuição e incentivos. Antes de propriamente explicar como diferentes mecanismos de incentivo têm diferentes efeitos na centralização / descentralização.

Se o leitor realmente quiser mergulhar profundamente neste tema, veja esta apresentação sobre Crowd Organizations pois os autores Joana Pereira, PhD, Gianluigi Viscusi, PhD e Chris. Tucci, PhD (que trabalhou nos primeiros protocolos de internet dos anos 80) são especialistas acadêmicos sobre o assunto.

Observe a figura e extrapole o tipo de organização que você preferiria ver aplicado às criptomoedas. Pessoalmente, acredito que as organizações Crowded são as que melhor representam a visão original do Bitcoin. Diferentes tipos de organização têm diferentes efeitos na rede, então lembre-se de que uma visão não é melhor ou pior do que a outra, apenas diferente.

Para nossa análise, vou me divertir um pouco e ajustar a imagem anterior, apenas para explicar o que acho que acontece com os sistemas blockchain.

Quanto mais descentralizada a organização, maiores as chances do dinheiro ser mais eficientemente distribuido

Por favor, entenda que para que a distribuição de dinheiro seja eficaz na blockchain, ele deve respeitar o objetivo do bitcoin:

Criar uma rede de dinheiro distribuida, confiável, segura e consensual entre agentes.

*note que não mencionei eficiência pois nenhum blockchain é atualmente tão eficiente quanto os tradicionais sistemas de pagamento. Tendo dito isso, esta é uma característica da blockchain, não um bug. Importar-se mais em ser eficaz do que ser eficiente é o primeiro passo para uma melhor distribuição do poder.

Organizações Crowded podem ser definidas como (em inglês):

“A coordenação e governança da organização Crowded são efetuadas pelos membros através de multiplas interações”

Eu acho que a blockchain se encaixa incrivelmente bem nessa descrição, você não concorda?

O primeiro sistema de dinheiro da internet criado, obviamente teria a gamificação aplicada. E não é esse o propósito do Bitcoin? O incentivo ou recompensa para usuários que jogam de acordo com as regras.

Além do tipo de organização, o que pensa o leitor que ditará a adoção massiva do bitcoin?

Iremos discutir outros fatores no próximo artigo. Até lá, deixe o seu comentário ou ideia!