Binance e Bitfinex são as únicas exchanges que não falsificam volume de criptomoedas, diz estudo

Só duas das 25 maiores corretoras de criptomoedas do mundo não inflam o volume, diz estudo
(Foto: Shutterstock)

Somente duas das 25 principais corretoras de criptomoedas do mundo não inflam os volumes de seus Bitcoins transacionados. Esse, ao menos, foi o resultado apresentado pelo relatório desse mês do The Blockchain Transparency Institute.

Segundo o documento, apenas as corretoras Binance e Bitfinex são 100% honestas quanto ao seu volume transacionado. Grande maioria “está abaixo de 1% do volume relatado”.

O resultado do estudo apresentado é que “mais de 80% do volume de pares BTC do top 25 da CoinMarketCap é comercializado por lavagem” e essas exchanges “continuam a usar essas estratégias como um modelo de negócios para roubar dinheiro de projetos simbólicos”.

O instituto que traz em seu nome menção à Blockchain com transparência disse ter passado “ inúmeras horas observando os pedidos, analisando os pontos de dados de volume”, além de ter conversado com os “criadores de mercado, os operadores de alta frequência e os consultores de vigilância comercial”.

Um fato curioso, entretanto, é que apesar de o relatório mencionar apenas as corretoras Binance e Bitfinex como honestas, consta em sua tabela que a corretora Liquid tem o seu volume reportado idêntico ao que de fato é negociado entre Bitcoins e Ienes. Em outras palavras não há qualquer volume inflacionado por essa exchange.

O relatório aponta severas críticas à Okex. A corretora  tem inflacionado os volumes de “quase todos os seus 30 principais tokens negociados”. Com isso, a Okex se beneficia “mais do tráfego de referência do CMC (CoinMarketCap), já que nosso volume estimado ainda os manteria no top 10”.

O problema todo não para por aí. A situação da Huobi, segundo o relatório, também é delicado. Apesar de não ser tão grave quanto o da Okex, a corretora vinha também inflando o volume de seus 25 principais números de volume de pares (transação entre uma criptomoeda e uma moeda fiat).

Criptomoedas infladas

Tanto a Huobi quanto a Okex foram incluidas numa  espécie de lista de consultoria para Exchange. Junto com elas estão ainda todas aquelas que estão entre as 25 maiores corretoras que estão inflacionando seus volumes transacionados.

A Bithumb parece que já possui um histórico de volumes de criptomoedas inflados. O instituto afirmou, por meio desse documento, que após numerosos relatórios apresentados foram encontradas “uma grande quantidade de negociação de lavagem principalmente com Monero, Dash, Bitcoin Gold e Zcash”

A conclusão que o The Blockchain Transparency Institute chegou sobre a Bithumb é de que se varia a lavagem de volume de tokens transacionados a depender do mês.

O grupo afirma que para que os dados fossem bem precisos, foram feitos alguns ajustes em seus algoritmos nos últimos meses e que se sentem ‘confiantes para começar a divulgar esses números”.

“Para nosso relatório de dezembro, aprofundamos mais especificamente os pares comerciais em bolsas que mostram evidências claras de negociações de lavagem. Esse sempre foi nosso objetivo, mas queríamos garantir que esses dados fossem os mais precisos possíveis. Por isso, atualizamos e aperfeiçoamos esses algoritmos nos últimos três meses.”


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!