Como as Taxas de Transação do Bitcoin mantêm a descentralização

0

Existem várias queixas dos usuários de Bitcoin sobre a velocidade das transações. Os atrasos prolongados têm sido um factor chave no debate da escalabilidade, na medida em que diz respeito à abordagem mais adequada para resolver o problema do tamanho do bloco.

Embora algumas transações estejam atrasadas, tratamentos preferenciais foram dados às transações onde as taxas são aplicáveis, e assim se transformando em uma das aclamadas vantagens das transações peer-to-peer que são a ausência de encargos.

Transações de sem taxa

Michael Vogel, CEO da Netcoins, afirma:

“Você pode tentar enviar uma transação de Bitcoin sem uma taxa (a maioria das carteiras permitirá que você personalize a taxa). As chances são de que você vai descobrir que a transação de taxa zero vai pendurar por dias sem confirmação.”

As taxas de transação foram criticadas por uma porção significativa da comunidade Bitcoin com alguns críticos que condenam toda a forma de taxas, enquanto outros parecerem ser mais preocupados com o valor das taxas.

No entanto, o mais importante são as razões para a existência das taxas de transação e porque é necessário cobrar aos usuários da criptomoeda quando as transações são realizadas.

É tudo sobre o equilíbrio

Vogel explica que a razão para as taxas de transação no Bitcoin é servir como um incentivo para que os mineradores confirmem as transações. Ele também observa que basicamente se resume à boa vontade de um minerador para confirmar uma transação que não está associada a nenhuma taxas.

Segundo ele, a quantidade de taxas pelas transações do Bitcoin e tempo de confirmação é realmente o ponto crucial sobre o debate do tamanho do bloco e sobre a bifurcação (fork).

Por um lado, se as taxas são definidas muito altas, então tira o interesse daqueles interessados em usar o Bitcoin para micro-transações. Por outro lado, taxas que são muito baixas correm o risco de reduzir o número de mineradores na rede Bitcoin (o que diminuiria a descentralização).

As taxas mantêm a descentralização

Presidente da Bitwage Jonathan Chester disse ao Cointelegraph que a única maneira de existir qualquer sistema é com um incentivo para mantê-lo funcionando.

Normalmente, isso vem na forma de reconhecimento (que é o que impulsiona os desenvolvedores de projetos de código aberto) ou valor monetário. De acordo com Chester, para mineração, este incentivo é a taxa.

Na verdade, seja um sistema centralizado como o PayPal, um banco ou um sistema descentralizado como o Bitcoin, as taxas são necessárias para manter a adição de transações de forma constante e natural.

Chester também observa que, na realidade, quanto menos taxas houver, menos mineradores poderão existir, o que por sua vez tem um efeito centralizador na adição e verificação de transações.

Chester diz:

“A descentralização é uma grande vantagem para o Bitcoin, pois torna a tecnologia muito menos coercitiva. Isso é importante para o Bitcoin agir contra a má política monetária feita pelos governos. Se um governo não é capaz de controlar o Bitcoin, isso significa que as pessoas no poder devem sempre se preocupar se a inflação induzida pelo governo fará com que os cidadãos mudem para o Bitcoin “.

Encontrando o equilíbrio

No entanto, Chester ressalta que altas taxas e taxas variáveis podem afetar a indústria do Bitcoin em uma infinidade de maneiras.

Taxas elevadas tornam as transações mais difíceis de gerenciar, o que significa que sistemas como o 21 e o Brave são afetados.

Com taxas variáveis, as transações que não enviarem taxas de boa qualidade podem sofrer com grandes atrasos.

FONTECoinTelegraph
COMPARTILHAR
loading...
loading...