Como será o futuro das finanças com a tecnologia blockchain

Como será o futuro das finanças com a tecnologia blockchain
Foto: Shutterstock

Considere um cenário em que cada indivíduo envolvido em uma transação monetária tenha uma cópia dos registros, que também esteja sempre atualizada.

Obviamente, a obrigação de realizar reconciliações relativas a cada transação financeira seria eliminada.

Principalmente, acordos, acesso a contas a receber, entre outras atividades relevantes da transação, estariam disponíveis para todas as partes envolvidas em tempo real.

É isso que a tecnologia Blockchain promete introduzir se alcançar adoção em massa no setor financeiro.

Embora o blockchain esteja frequentemente vinculado a moedas digitais como o Bitcoin, é importante reconhecer que o seu uso potencial se estende além dessas moedas emergentes.

Especificamente, blockchain refere-se a uma tecnologia de contabilidade digital que visa gravar e armazenar informações de qualquer tipo em uma plataforma descentralizada.

Blockchain e o futuro dos serviços financeiros

É amplamente aceito que as transações financeiras tradicionais costumam ser caras como resultado do número significativo de riscos relacionados aos processos estatutários.

No entanto, com o blockchain, o setor bancário pode obter benefícios substanciais, como detecção de fraudes e eficiência de custos.

Além disso, as informações mantidas em uma blockchain são seguras, o que possibilita às instituições financeiras aproveitar o big data por meio do uso do conceito emergente de análise.

A utilidade de combinar blockchain e análise é aprimorada pelo fato de que as informações mantidas no registro distribuído geralmente são organizadas de uma maneira que a torna perfeita para análise.

Algumas áreas que o blockchain vai transformar no setor financeiro

Pagamentos na supervisão de ativos

O Blockchain tem o potencial de facilitar os procedimentos de negociação no gerenciamento de ativos através da introdução de negociações com ciclos de vida automatizados.

Essencialmente, essa abordagem permite que todas as entidades envolvidas em uma transação acessem as informações precisas e semelhantes sobre uma negociação.

Consequentemente, com a adoção da tecnologia, a possibilidade de erros e quaisquer ineficiências consideráveis são eliminadas. São eles:

Minimização de custos; manipulação aprimorada de dados; transparência; e exclusão de intermediários e procedimentos de negócios manuais de substituição que são pesados e suscetíveis a riscos.

Pagamentos Internacionais

Além do gerenciamento de ativos, outra área que provavelmente será mudada pela tecnologia blockchain é o setor de pagamentos global.

Alguns dos desafios atuais que esse setor enfrenta incluem tempos de processamento lentos, taxas caras e falta de transparência.

A tecnologia Blockchain pode enfrentar esses desafios porque possui a capacidade de facilitar transferências internacionais de dinheiro em tempo real com taxas reduzidas. Além disso, ela também pode minimizar o risco de erros humanos e atividades fraudulentas.

Um dos bancos que adotou a tecnologia blockchain para facilitar pagamentos internacionais é o Santander. Essa integração possibilitou que os clientes enviassem dinheiro globalmente, 24 horas por dia, sendo finalizadas em apenas 1 dia.

Tratamento de Reivindicação de Seguros

Se existe um setor de serviços financeiros caracterizado por vários desafios de eficiência, é o setor de seguros.

Questões como reivindicações fraudulentas, fontes de informação dispersas, procedimentos manuais, políticas do usuário não utilizadas, são alguns dos fatores que contribuem para a baixa satisfação do consumidor no setor.

Por meio de contratos inteligentes, a tecnologia blockchain pode ajudar a otimizar esse setor com a introdução de abertura, rastreabilidade e controle completo para cada reivindicação.

Essas melhorias não apenas facilitam acordos automatizados, mas também aprimoram a modelagem de riscos, eliminam os obstáculos existentes e minimizam as reivindicações fraudulentas no setor.

Conformidade com KYC

Uma proporção significativa de organizações financeiras é responsabilizada por cumprir e relatar várias obrigações estatutárias focadas em estratégias de proteção ao cliente por diferentes autoridades de supervisão.

Embora a conformidade com o KYC (conheça seu cliente) seja um requisito vital para todas as instituições financeiras, todo o processo pode ser entediante. Isto porque não possui uma estrutura de identificação automática de clientes, além de integração da equipe para executar tarefas relacionadas.

Com a tecnologia blockchain, há uma possibilidade aprimorada de que todo o procedimento possa ser simplificado através do fornecimento de uma única fonte virtual de dados de identificação para a troca contínua de documentos entre instituições externas e agências financeiras.

A implicação desse desenvolvimento é o uso eficiente de recursos, tempo, dinheiro e a obtenção de privacidade de dados, que é um requisito legal crucial.

Finanças da cadeia de suprimentos e comércio

Contratos inteligentes baseados na tecnologia blockchain têm o potencial de revolucionar o funcionamento dos processos empresariais da cadeia de suprimentos e do financiamento comercial.

Como as cadeias de suprimentos são complicadas e distribuídas porque envolvem diferentes entidades espalhadas por todo o mundo, as questões de desconfiança geralmente exigem o envolvimento de terceiros confiáveis, como bancos ou outros intermediários relevantes.

No entanto, com contratos inteligentes, a necessidade de terceiros é eliminada, o que se traduz em economia de custos.

Além da eliminação de intermediários, os contratos inteligentes também possibilitam a autenticação de mercadorias fornecidas, verificando sua origem. Garantem, também, que as mercadorias possam ser rastreadas em toda a cadeia de suprimentos para eliminar casos de fraude ou adulteração.

Em conclusão, é evidente que a tecnologia blockchain tem o potencial de melhorar o setor financeiro.

Várias instituições financeiras perceberam esse potencial e estão concentrando seu investimento em pesquisas e desenvolvimento em soluções blockchain para enfrentar alguns dos desafios atuais de eficiência.

No entanto, a resolução desses problemas depende dessa tecnologia para alcançar a adoção principal.

Sobre o autor

Fares Alkudmani é formado em Administração pela Universidade Tishreen, na Síria, com MBA pela Edinburgh Business School, da Escócia. Desde janeiro de 2019 atua na empresa de criptomoedas Changelly como gerente geral para a América Latina.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!