Comercial da PagSeguro que atacava SafraPay é retirado do ar por decisão do Conar

Foto: Shutterstock

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) determinou que fosse retirado do ar um comercial da PagSeguro que atacava a concorrente SafraPay. A decisão foi por maioria dos votos segundo a instituição.

O movimento é mais um capítulo do que o mercado apelidou de ‘guerra das maquininhas’. O comercial da fintech de pagamentos, que é subsidiária da Universo Online (UOL), fez comparações de seus serviços com a concorrente SafraPay, credenciadora do banco Safra.

De acordo com O Globo, a SafraPay havia feito a reclamação ao Conar no final de junho. A empresa alegou que o comercial da concorrente veiculado no Youtube fazia comparações indevidas entre as empresas.

No início de julho a relatora concedeu uma liminar e o comercial foi retirado da plataforma.

No entanto, ao longo do processo, a PagSeguro publicou versões alteradas do comercial, mas não alterou a intenção, segundo a relatora do Conar. Ela o viu como algo que “mais confunde do que esclarece”.

O Conar determinou então a retirada permanente das peças do ar.

“O Conar estimula a propaganda comparativa, mas neste caso em específico o que se observa é escolha seletiva de alguns critérios que mais confundem do que esclarecem, usando de forma exagerada e injustificada marca de terceiro”, escreveu a relatora.

A atividade desenvolvida pelo Conar visa evitar a veiculação de anúncios e campanhas de conteúdo enganoso, ofensivo, abusivo ou que desrespeitam, entre outros, a leal concorrência entre anunciantes.

Guerra das Maquininhas

O mercado de maquininhas de cartão de crédito e débito antes era dominado por Rede e Cielo. Com o surgimento de várias fintechs, inclusive de grandes instituições financeiras, a briga por clientes está cada vez mais acirrada.

Na disputa pela liderança, a SafraPay vai premiar indicação de novos clientes. A empresa quer superar a base de clientes de duas rivais — PagSeguro e Stone — até 2020.

Para isso, a empresa criou uma ação que vai premiar autônomos por indicação nos valores que vão de R$ 200 a R$ 1.500.

A PagSeguro, que faturou mais de R$ 300 milhões no 1º trimestre deste ano, anunciou sua conta digital em maio. A PagBank vai oferecer serviços bancários para varejistas e consumidores da credenciadora.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!