CoinMarketCap vai combater manipulação de volumes de corretoras de criptomoedas

CoinMarketCap vai combater manipulação de volumes de corretoras de criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

O popular site de rankings de criptomoedas CoinMarketCap revelou que está formando uma aliança com grandes exchanges para uma ação contra manipulação de dados e aumento da transparência.

A empresa aproveitou uma nota referente ao 6º aniversário da empresa, publicada na quarta-feira (01), e anunciou o lançamento do Data Accountability & Transparency Alliance (DATA), que traduzido fica ‘Aliança de Transparência e de Responsabilidade e de dados’.

Dentre os vários assuntos abordados em relação ao crescimento da empresa, a nota diz que a criação do DATA deu-se após o crescente discurso na mídia sobre supostos falsos volumes de exchanges.

A empresa afirmou que isso não se trata de um problema trivial para resolver, pois decisões impensadas podem trazer consequências inesperadas.

Liderada pelo CoinMarketCap, a Aliança vai contar com as seguintes empresas: Binance, Bittrex, OKEx, Huobi, Liquid, UpBit, IDEX, OceanEX, Gate.io, KuCoin, HitBTC e Bitfinex. Conforme a nota, haverá duas reuniões por ano.

Com a ação, o Coinmarketcap quer promover maior transparência, responsabilidade e divulgação de projetos no mercado de criptomoedas e, junto com as exchanges, definir um padrão que vai abrir caminho para prestação de contas.

Objetivos gerais e específicos

Os objetivos gerais elaborados para a ação são: capacitar os usuários a tomar decisões mais pensadas e fornecer um meio de divulgação mais aprimorado para que projetos sejam melhor discernidos.

Já os objetivos específicos elaborados serão aplicados da seguinte maneira: Revisar, alinhar e aprimorar os padrões de relatórios em todo o setor; Identificar lacunas e propor estratégias e medidas para melhorar a responsabilidade e a transparência dos dados.

O CoinMarketCap explicou que a ação vai acontecer em três fases: a entrega de dados pelas exchanges até 14 de junho; aumentar o fornecimento de dados e métricas aprimorados, visando aumentar os tipos de dados disponíveis para análise; criação de um canal específico para avaliação de projetos de criptomoedas.

Na primeira fase, por exemplo, a Aliança vai exigir que todas as exchanges listadas em sua plataforma forneçam dados de negociações online. Caso isso não aconteça, as plataformas serão removidas dos cálculos de volume ajustados no site.

CoinMarketCap para Android

No mês passado, o CoinMarketCap anunciou o lançamento de seu aplicativo para Android e também da atualização de uma nova versão para iOS.

Os apps vão oferecer recursos como rastreamento de portfólio, gráficos de comparações de criptomoedas e alertas de preço — ambos aplicativos introduzem recursos que não estavam disponíveis anteriormente na versão para desktop.

Uma das novidades é que os apps também vão transmitir notícias com base no portfólio do usuário.

Índice para o top 200

Em março, a plataforma lançou dois índices de referência baseados nas 200 criptomoedas com maior valor de mercado.

Como a empresa mesmo explicou, os índices terão dados mais abrangentes para o criptomercado — um com Bitcoin (BTC) e o outro sem — com dados dos índices globais da Nasdaq, Bloomberg Terminal, Thomson Reuters Eikon e Börse Stuttgart, além de seu próprio índice.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!