Coinbase Fecha Conta de Rival do Twitter Gab Sem Explicação

A Coinbase, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, fechou recentemente a conta de uma rede social rival do Twitter, aparentemente sem qualquer explicação. A conta era presumivelmente utilizada para gerir doações.

Isto, de acordo com o cofundador e CEO do Gab, Andrew Torba, que revelou o que aconteceu através da sua rede social, que se descreve como uma plataforma onde valores como a liberdade individual e a liberdade de expressão vêm primeiro. Torba escreveu (traduzido):

“[A] Coinbase baniu a conta do Gab. Corretoras / carteiras centralizadas são cancerígenas e contraditórias a tudo o que as criptomoedas representam.”

Na sua publicação Torba acrescentou ainda uma imagem da mensagem que a Coinbase enviou à sua empresa. Nesta, é possível ler-se apenas que a corretora baseada em San Francisco teve de fechar a conta, e avisa que a rede social deve retirar os seus fundos.

Vários usuários aconselharam Torba a utilizar uma outra solução em que este pudesse controlar as chaves privadas das carteiras de criptomoedas que viesse a gerir, e apontaram algumas opções que permitem fazer isto.

Enquanto uns usuários afirmaram que o que a Coinbase, empresa que se autoavalia em mais de US$ 8 bilhões, fez vai contra os valores do Bitcoin por se tratar de censura e elitismo, outros afirmaram que a corretora é uma empresa privada que pode fazer o que entende ser melhor.

Gab e o mundo das criptomoedas

O Gab é uma rede social fundada em 2016 em resposta a controvérsias com censuras em grandes redes sociais como o Facebook e o Twitter. Estas chegaram a ver antigos empregados afirmar que artigos conservadores eram manualmente censurados, e até na comunidade das criptomoedas a conta @bitcoin chegou a ser banida do Twitter sem aparente razão.

Torba criou o Gab para lutar com aquilo que ele chama o “grande monopólio social da esquerda,” tendo já entrado em batalha legal com estes titãs dos mídias sociais. Os fundos que a empresa utiliza para gerir esta batalha vêm de donativos feitos por usuários, em Bitcoin, Ethereum, e por PayPal.

Acredita-se que a conta da Coinbase era utilizada para gerir os donativos que a rede social recebia. É de notar que esta tem a decorrer a sua própria oferta inicial de moedas (ICO), que já angariou mais de US$ 5 milhões que serão utilizados para ajudar a empresa a fazer crescer a sua plataforma.

BitcoinTrade

A BitcoinTrade é a melhor solução para compra e venda de criptomoedas.
Negocie Bitcoin, Ethereum e Litecoin com total segurança e liquidez.
Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android:
https://www.bitcointrade.com.br/ 

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!