Cofundador do Ethereum Conta que Ganhava 5 Bitcoins por Texto em 2011

Vitalik Buterin em entrevista à Vice News. Foto: Reprodução/Vice News

Vitalik Buterin, 24, cofundador da Ethereum, relembrou tempos de “vacas magras” nos primórdios das moedas digitais.

Em entrevista à Vice News, ele contou que ouviu falar pela primeira vez de Bitcoin no começo de 2011, quando foi convidado a escrever para um blog sobre o assunto. Com parte dos primeiros ganhos a partir desse trabalho, Buterin conseguiu comprar uma camiseta.

“Eu encontrei um cara que estava disposto a me pagar cinco bitcoins por artigo escrito para seu blog sobre Bitcoin. Cada Bitcoin [à época] custava US$ 0,80. Para alguém ainda no ensino média, com pouco dinheiro, eu pensei que tentar US$ 1,5 por hora poderia ser um salário bastante razoável”.

Mas os tempos de penúria ficaram para trás. Os trabalhos com Bitcoin o levaram à criação do Ethereum, aos 21 anos, e o tornaram uma celebridade do blockchain.

Um exemplo desse prestígio é que Buterin integra desde 2016 a lista “40 abaixo de 40”, da revista Fortune, que a cada ano elenca os maiores influenciadores globais com até 40 anos de idade.

Sonhos e pés no chão

Vitalik tem feito uma campanha global para aumentar a conscientização sobre o Ethereum e suas possíveis implicações para as finanças, tanto privadas como públicas.

“O que realmente me impressionou [a partir do Bitcoin] foi a ideia de que ainda é possível que as pessoas se unam e criem novos sistemas financeiros. E isso parecia muito fortalecedor para mim”, disse ele à Vice.

Quando questionado sobre o potencial de mudanças que o bitcoin – e em especial o Ethereum – podem criar, Buterin é enfático. “Eles representam mudanças de época nas opções que temos para interagir uns com os outros. Com um bitcoin você não precisa mais de bancos, é algo que acontece diretamente peer-to-peer. E o Ethereum estende isso para fazer acordos executivos digitalmente”.

Apesar dessa crença no blockchain, Buterin tem uma visão realista sobre as oscilações de mercado que as criptomoedas apresentam. O Portal do Bitcoin destacou comentários do cofundador do Ethereum no Twitter onde ele pede que os investidores não tenham falsas ilusões quanto a retornos astronômicos.

“Lembrete: as criptomoedas ainda são uma classe de ativos nova e hiper-volátil e podem cair para perto de zero a qualquer momento. Não coloque mais dinheiro do que você pode perder. Se você está tentando descobrir onde armazenar suas economias de vida, os ativos tradicionais ainda são a sua aposta mais segura”.

 

BitcoinTrade

Comprar e vender Bitcoin e Ethereum ficou muito mais fácil. A BitcoinTrade é a plataforma mais segura e rápida do Brasil. Além disso, é a única com a certificação de segurança PCI Compliance. Acesse agora ou baixe nosso aplicativo para iOs ou Android: https://www.bitcointrade.com.br/

loading...