Co-fundador da Ripple faz acordo para limitar venda de 9 bilhões de XRP

(Foto: Max Pixel)

O co-fundador da Ripple Labs, Jed McCaleb, assinou um acordo com a companhia para não vender 9 bilhões de ripples (XRP) que detém desde a criação da companhia. Embora ele não faça mais parte da equipe, o acordo busca limitar o volume de transações do token durante sete anos, evitando grandes flutuações de mercado.

O comunicado foi publicado no blog da diretora de comunicação da empresa, Monica Long. O acordo prevê que McCaleb terá uma quantidade limitada de XRP que poderá vender ano após ano. A quantidade permitida aumenta com o tempo. O empresário lançou recentemente o projeto Stellar, que tem recebido investimentos e aumentado seu valor.

Os 9 bilhões de XRP que McCaleb possui são parte dos 20 bilhões que cada financiador do projeto Ripple recebeu como garantia do investimento para lançar a companhia. A decisão tem causado problemas com outros fundadores da empresa, como o estrategista-chefe Arthur Britto, que já fez um acordo similar.

O acordo prevê que McCaleb poderá comercializar o equivalente a US$ 10 mil em XRP por semana durante um ano. Entre o o segundo e o quarto ano, o limite aumentará para US$ 20 mil. No quinto e sexto anos, McCaleb poderá comercializar até 750 milhões de XRP. no sétimo ano, o limite aumentará para 1 bilhão de XRP. Após o sétimo ano, ele ainda estará limitada a comercializar até 2 bilhões de XRP por ano.

O grande volume do token nas mãos dos co-fundadores já foi responsável por variações de preço do XRP. Em 22 de maio, o criptoativo perdeu 40% de seu valor quando McCaleb anunciou, durante o evento XRP Talk, que venderia todos seus XRP num período de duas semanas.

Monica Long conclui o comunicado dizendo que o acordo demonstra como os co-fundadores da Ripple têm posto de lado suas grandes diferenças para garantir que a companhia alcance seu objetivo de revolucionar as finanças.

Em julho, a companhia foi alvo de processo da Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) por manipulação do valor do XRP. O órgão considera que houve retirada de unidades da moeda de circulação e autofinanciamento com informações privilegiadas, práticas contrárias à legislação americana.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!