Clientes da Unick processam Urpay para tentar recuperar dinheiro perdido

Desde que começou a travar os saques dos clientes, a Unick Forex se tornou ré em centenas de processos na Justiça de São Paulo. Parte dessas ações também foram movidas contra a Urpay.

A empresa, uma das responsáveis pelo pagamento dos clientes da Unick Forex, passou a compor 51,16% desses processos movidos no Judiciário paulista. Esse número ainda tende a crescer.

Das 129 ações de clientes da Unick Forex contra a empresa que tramitam em São Paulo, 66 trazem também a Urpay como ré.

Em outras palavras, mais da metade dos investidores lesados pela Unick Forex busca também responsabilizar a empresa de solução de pagamentos que prestava serviço à Unick.

De acordo com o levantamento feito pelo Portal do Bitcoin, houve um aumento em 416% em outubro em relação a todo o período anterior em que os investidores acionaram a Justiça de São Paulo contra a Unick Forex.

Os processos movidos nesse período contra a Unick compõem 80,62% de todos os processos que tramitam em São Paulo contra essa empresa.

Esse crescimento percentual também se refletiu entre aqueles que incluíram na discussão a Urpay. Dos 66 processos que foram também movidos contra essa empresa de solução de pagamentos, apenas 8 foram ajuizados antes de outubro.

Urpay processada

Não há como estabelecer uma relação sobre o que teria ocorrido para haver esse aumento de processos incluindo a Urpay. Apesar de essa empresa ter bloqueado as contas dos clientes da Unick Forex, esse não parece ter sido o real motivo para que houvesse um boom de processos contra a Urpay.

O bloqueio, de acordo com a empresa de solução de pagamentos, teria ocorrido por força de uma mandado da Justiça Federal. A ordem teria sido dada um dia após a Polícia Federal ter cumprido nove prisões dos envolvidos com a Unick Forex.

O comunicado de bloqueio, então, foi divulgado no último dia 18 e após essa data foram protocolados 37 novos processos. O fato, no entanto, é que no dia 23 a empresa já havia desbloqueado as contas desses investidores. Apesar disso, das 37 ações, 21 vieram após a Urpay ter efetuado o desbloqueio.

Uma coisa no meio disto tudo é certa. Após a Operação Lamanai deflagrada pela Polícia Federal, que ensejou na prisão do presidente da Unick Forex, Leidimar Lopes e do diretor de marketing, Danter Silva, os processos passaram a trazer outras empresas no polo passivo das demandas.

Além da Urpay, há processos em que os autores incluíram o Fullbank, outra empresa responsável pelo pagamento de clientes da Unick Forex. Esse número não chega a ser expressivo, mas aponta a estratégia desses clientes de, ao menos, tentar de todas as maneiras reaver seus investimentos.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!