Clientes da Unick Forex colocam empresa na Justiça para receberem dinheiro de volta

SA Capital, suposta garantidora da Unick Forex, só possui um terreno no interior de Goiás
Fernando Lusvarghi, à direita, Danter Silva, no centro e Leidimar Lopes, à esquerda (Foto: Reprodução/Youtube)

Clientes da Unick Forex começam a entrar na justiça em busca de reaver o dinheiro investido na empresa, que já acumula mais de um mês com os saques travados. Até o momento já foram registrados pelo menos 12 ações.

O Portal do Bitcoin fez um levantamento dos processos que estão correndo contra a Unick e encontrou processos nos estados do Rio Grande do Sul, São Paulo e Amazonas. Foi constatado que dentre eles, apenas um que tramita em São Paulo é que foi protocolizado há mais de um mês.

No Rio Grande do Sul, todas as ações foram movidas depois do último dia 04; no Amazonas, das quatro ações contra a Unick Forex, a mais antiga é de 26 de agosto e, todas elas versam praticamente sobre o mesmo assunto: devolução do investimento feito.

Unick Forex processada

A reportagem teve acesso a duas dessas tantas ações que tramitam por todo o país contra a empresa suspeita de atuar em pirâmide e proibida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de atuar no mercado financeiro.

Numa delas, um investidor do Amazonas havia aplicado R$7.184,00, sendo R$ 6.986,00 provenientes de um pacote de uma carteira do tipo “executivo”.

A empresa que hoje afirma não ser de investimento, conforme consta das provas juntadas por esse cliente, havia prometido dobrar o capital em até 6 meses. Seduzido pelo alto retorno financeiro, a pessoa então em 17 de maio desse ano aplicou o seu capital.

“No máximo de 30 dias a empresa começaria devolver os valores em seis parcelas, sendo em média R$ 2,5 mil, qual ao final do contrato de seis meses com os descontos seria devolvido em torno de R$ 14 mil”.

A realidade, no entanto, foi bem diferente e esse investidor experimentou inicialmente um atraso de 40 dias. O primeiro saque que havia sido pedido em 18 de junho somente foi efetivado em 26 de julho.

Situação complicada

O problema somente foi aumentando. No segundo saque sequer recebeu o dinheiro e ao tentar resolver por meio do site acabou enfrentado um novo obstáculo: a página estava em manutenção.

Dos mais de R$ 7 mil injetados e sob a promessa de dobrar seu capital e sacar no final cerca de R$ 14 mil, essa pessoa somente conseguiu sacar R$ 2.262,56.

Na plataforma da empresa, por outro lado, consta que haveria um valor de ganhos de R$ 5.902,60 sendo que destes teriam sido já sacados R$ 4.918,60 e teria um saldo de R$ 3.443,30.

O cliente sustenta na sua inicial que chegou a cumular “o dano material até a presente data na ordem de R$ 10.627,67 como faz prova os prints juntados”.

Além da indenização pelos danos materiais, o investidor afirma que sofreu danos morais, pois acabou atrasando suas contas por falta do retorno desse dinheiro que havia sido prometido pela Unick Forex.

Com isso, pediu à Justiça que condenasse à empresa ao pagamento de R$ 20.120,00 para recompensar o dano moral sofrido.O valor da causa ficou no final em R$ 30.747,60.

Promessa surreal

Situação semelhante foi experimentada por um outro investidor em São Paulo. Apesar de ter sido um montante bem menor que o cliente do Amazonas, o cenário é o mesmo.

Conforme consta nos autos, essa pessoa aplicou R$ 297,00, sob a promessa de receber “o valor em dobro investido, mais bônus, taxas de rendimentos, totalizando R$ 2.065,72”.

Esse depósito foi feito em maio desse ano e até agora ele não conseguiu reaver um centavo desse valor. Ao tomar ciência de que a empresa não pagaria nenhum investidor resolveu entrar com uma ação buscando “ a devolução  do valor investido, qual seja, R$ 297,00, o pagamento de R$ 1.768,72, referente ao valor que receberia de bônus e taxas de rendimento”.

Esse investidor pediu que a empresa também fosse condenada ao pagamento de R$ 2 mil a título de danos morais.

Assim como essas duas ações existem outras tramitando pelos tribunais de Justiça do país. Somente no Tribunal de Justiça de São Paulo já existem outras três ações contra a Unick Forex, versando sobre essa mesma questão.

No Amazonas há um curioso caso. Das quatro ações promovidas, três são de uma mesma pessoa contra a Unick.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!