“Cedo ou tarde a Amazon terá que emitir sua própria criptomoeda”, diz CEO da Binance

“Cedo ou tarde a Amazon terá que emitir sua própria criptomoeda”, diz CEO da Binance
(Foto: Pixabay)

Changpeng Zhao, CEO da maior bolsa de criptomoedas do mundo por volume de negociação, a Binance, disse que mais cedo ou mais tarde a Amazon, gigante no comércio eletrônico, terá que emitir sua própria criptomoeda.

A fala de CZ foi a consequência de um tuíte no sábado (02) onde ele refletiu não entender por que nenhuma empresa de comércio eletrônico não aceitaria pagamentos em criptomoedas. Ele inclusive listou vantagens em comparação aos métodos tradicionais de pagamento.

“Para qualquer negócio totalmente baseado na Internet, não entendo por que alguém não aceitaria criptomoeda para pagamentos. É mais fácil, mais rápido e mais barato integrar-se do que os sistemas de pagamento tradicionais. Menos papelada e maior alcance”, tuitou.

“A Amazon terá que emitir uma moeda mais cedo ou mais tarde”, respondeu o CEO a um usuário.

Uma criptomoeda emitida por uma gigante como a Amazon é algo que adeptos à criptoeconomia têm esperado com ansiedade, diz a CCN. Seria um momento de grande avanço no setor, pois abriria-se as comportas para uma adoção em massa.

Quando se fala em adoção de criptomoeda pela Amazon, muitos fazem comparação com a Overstock, outra gigante que ganhou as manchetes em 2014 quando deu início a uma jogada ousada, arriscada e visionária na época ao aceitar o bitcoin.

Pioneira, a empresa recentemente anunciou que pagaria impostos com a criptomoeda.

No entanto, há muitos indícios de que a Amazon pode aderir à criptoeconomia num futuro próximo, pois algumas de suas subsidiárias receberam patentes para o setor no ano passado, segundo o Cointelegraph.

O assunto trata sobre gigantes do varejo, mas há uma gama de plataformas renomadas online que já aderiram às criptomoedas, como NewEgg, lojas Shopify, Dish Network e Expedia. A Amazon, contudo, segue fora.

De acordo com a reportagem, em 2014, a Amazon disse que não aceitaria bitcoin porque não ouvia nenhum clamor de seus clientes. Isto significa que se uma demanda popular atingir uma massa crítica, a Amazon pode adotar algum tipo de pagamento por criptomoeda.

Se a Amazon realmente emitir seu próprio criptoativo, como CZ sugere ser inevitável, seria a tacada final para um empreendimento que sempre surpreendeu com os resultados e fez de seu dono o empresário mais rico do mundo, Jeff Bezos, que tem uma fortuna de US$ 150 bilhões.


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br