Casa noturna voltada ao público LGBTQ em Recife passa a adotar Bitcoin

Boate voltada ao público LGBTQ em Recife passa a adotar Bitcoin
(Foto: Divulgação)

O Clube Metrópole, conhecida casa noturna voltada ao público LGBTQ+ em Recife, Pernambuco, passou a aceitar criptomoedas como meio de pagamento.

A partir do primeiro final de semana de fevereiro, os frequentadores da boate poderão pagar seus drinks na balada com Bitcoin e Litecoin ao entrarem no local, de acordo com a gerente-administrativa, Débora Kelner.

O sistema foi implantado pela CoinWISE, uma empresa especializada em soluções de pagamento. Segundo Débora, o processo é muito simples. A startup recebe em criptomoedas o pagamento dos clientes da Metrópole e três dias depois repassa o montante em reais para a boate.

O Metrópole é um nome de peso para o entretenimento LGBTQ+ na capital pernambucana. Fundado em 2002, o clube se tornou o Grupo Metrópole, com três casas noturnas no bairro Boa Vista, coração de Recife.

Em fase de testes, a adoção das criptomoedas como forma de pagamento será implementada na maior casa, de mesmo nome, com capacidade para 1.600 pessoas. A adoção pelas outras boates do grupo depende do resultado na principal casa.

A gerente-administrativa conta que a ideia surgiu a partir de uma demanda dos clientes. “Já apareceram turistas querendo usar, perguntam se tem essa possibilidade”, comenta Débora. Segundo ela, a maior parte dos interessados são clientes que chegam do Sul e Sudeste do Brasil, mas há muitos estrangeiros também.

Diante desse contexto, Débora acredita que o grande teste para a adesão efetiva das criptomoedas será no período do Carnaval. Em 2018, Pernambuco recebeu cerca de 1,7 milhão de turistas, entre brasileiros e estrangeiros, que injetaram R$ 1,6 bilhão na economia local, de acordo com a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Estado.

“Nossa vontade é substituir a moeda física pela digital, que tem cada vez mais aceitação. Por isso, a expectativa é grande”, diz.

Os funcionários da boate que lidam com a parte do caixa passaram por um treinamento simples. A casa, no entanto, ainda não fez muita publicidade sobre o início da adoção. “Nós estamos recebendo a chegada da identidade visual, das logomarcas, para então divulgar ao público”, explicou Débora.

A casa noturna também possui um sistema monetário próprio, o “Real Pink”. A ambição maior dos proprietários era digitalizar a moeda da Casa. Como não conseguiram a tecnologia, decidiram iniciar o processo com a adoção das criptomoedas.

A Coinwise, responsável por iniciar o processo no Grupo Metrópole, foi uma das primeiras companhias brasileiras a instalar uma ‘vending machine também na cidade de Recife.

Outras adoções de Bitcoin

Em dezembro de 2018, o Portal do Bitcoin divulgou que uma rede de supermercados de Rio das Ostras, no litoral norte do Rio de Janeiro, passou a adotar BitcoinLitecoin e Bitcoin Cash entre suas formas de pagamento

Entre meios de transporte, a Viação Garcia, do setor rodoviário, começou a aceitar criptomoedas como pagamento em junho do mesmo ano.


Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!