Como será a carteira de criptomoedas do Samsung Galaxy S10; veja fotos vazadas

(Foto: Reuters/Henry Nicholls)

A Samsung anunciou quatro parceiros que vão oferecer suporte para a Samsung Blockchain Wallet, uma carteira descentralizada com suporte para criptomoedas que será integrada com seu novo smartphone, o Galaxy S10.

O novo aparelho já está sendo enviado desde o dia 08 de março para quem o comprou no período de pré-venda. De acordo com um relatório da Coindesk Korea, são quatro os aplicativos descentralizados (DApp) que fazem parte do dispositivo. São eles:

Enjin, uma plataforma de jogos baseadas em criptomoedas, detentora do token ENJ; Cosmee, um dapp específico para conteúdos sobre beleza e  cosméticos cujo token é o COSM; CryptoKitties, uma plataforma de colecionáveis que usa o ETH; CoinDuck, um serviço descentralizado para pagamentos com criptomoedas.

Segundo a reportagem, os aplicativos só poderão ser baixados em celulares Galaxy S10 e apenas por meio da Samsung Galaxy Store.

A empresa disse que planeja expandir o serviço para mais dispositivos e também para mais criptomoedas no futuro, visto que o novo sistema opera somente com tokens ERC-20, da blockchain do ethereum. Até o momento, a carteira não tem suporte para o Bitcoin.

No S10, a Samsung Blockchain Wallet será usada em conjunto com a ‘Samsung Blockchain Keystore’ para armazenar chaves privadas para aplicações blockchain.

O aplicativo foi projetado para simplificar o processo de transações para os recém-chegados à tecnologia das criptomoedas.

Veja abaixo fotos vazadas que estão circulando nas redes:

Samsung Pay ainda é rumor

Ainda há rumores de que o serviço de pagamentos móveis Samsung Pay poderia integrar também aceitar criptomoedas. Isto atingiria 10 milhões de pessoas e poderia alavancar o criptomercado.

Segundo uma publicação da CCN no sábado (09), fontes anônimas confirmaram o envolvimento entre as partes.

Se isso vier a ser confirmado, a parceria pode ser crucial para a uma adoção maior das criptomoedas.

“A chegada dos novos telefones da Samsung pode começar a popularização do sistema de carteira de criptomoedas na Coreia”, disse, na ocasião, um executivo do setor à reportagem.

Plataforma quer virar fintech

Segundo o site sul-coreano Donga.com, o Samsung Pay recentemente ampliou o período de transações para usuários no exterior e integrou um serviço internacional de processamento de pagamentos.

A intenção é entrar agressivamente o mercado global de serviços financeiros.

Se nesta fase de desenvolvimento uma carteira de criptomoedas é adicionada ao serviço, o aplicativo praticamente se torna uma plataforma financeira completa, uma fintech.

O Samsung Pay, então, mostraria para seus concorrentes Apple Pay e KakaoPay que está totalmente focado em inovações tecnológicas, inclusive se fortalecendo para ser também um dos gigantes na criptoeconomia.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se aqui e veja como é simples: https://coinext.com.br

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!