Caixa Econômica parte para o ataque e fecha contas de traders de Bitcoin

Caixa Econômica parte para o ataque e fecha contas de traders de Bitcoin
(Foto: Wikipedia)

A Caixa Econômica Econômica partiu para o ataque fechou as contas diversos P2Ps de criptomoedas e Bitcoin nesta quarta-feira (21). Os números ainda são imprecisos, mas duas fontes do Portal do Bitcoin afirmaram que foram seis contas e um disse que seriam dez.

As pessoas consultadas, que pediram para que seus nomes não fossem revelados, afirmaram que alguns dos traders são conhecidos no mercado brasileiro e tem capacidade de negociar milhões de reais.

Não se sabe o motivo dos fechamentos, uma vez que a Caixa Econômica não deu nenhum justificativa. Questionada pela reportagem, a empresa pública não respondeu até o momento. A suspeita é que a empresa venha no embalo da crise do Bitcoin Banco, que foi destaque na imprensa nacional nos últimos dias.

Desde o ano passado, a Caixa Econômica vem fechando contas de traders ou exchanges. A última disputa ocorreu em maio, quando o banco foi obrigado pela Justiça a reabrir conta corrente da corretora Walltime.

Críticas à Caixa Econômica

Outro problema é que a empresa estatal também vem se recusando a abrir novas contas. Na semana passada, o empresário do ramo de criptomoeda Rocelo Lopes, criticou a Caixa por negar a abertura da conta de uma filial de sua empresa.

“Alegaram o padrão do que os bancos privados alegam: ‘Falta de Interesse Comercial’”‬, escreveu. Em seguida disse que o banco seria processado por falha na prestação de serviço público.

Receba nossa Newsletter

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!